opinião

Liberais na economia, nazistas nos costumes

O episódio ocorrido na sexta-feira, 17/01, envolvendo o ex-secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, é um dos mais abjetos, dentre os ocorridos até agora, no governo Bolsonaro.

Quando se demonizam os evangélicos…

A pesquisa lançada pelo Datafolha sobre quem são os evangélicos brasileiros já nasce antiga. Há tempos temos falado sobre quem é e de onde fala o nosso povo. Marcados por uma jornada de desigualdades e injustiças sociais, o povo evangélico está na linha de frente nas resistências e lutas contra as doenças do capital.

Black face, white power

Este texto é para gente preta ou de quebrada convivendo em espaços de militância branca. Quem quiser pode ficar à vontade para discordar ou simplesmente ignorar esses breves parágrafos. Ele não nasce de nenhuma situação específica. Eu não me inspirei em você pra escrever, ok?

Passarinho que come pedra…

Após o assassinato do general Qassim Soleimani, segundo homem na hierarquia iraniana do poder, em questionável ação militar orquestrada pelos EUA, o Itamaraty açodou-se em emitir uma nota, de teor acintoso ao Irã, em que afirmava “apoio à luta contra o flagelo do terrorismo”.

Trump é o fim do mundo?!

Comemorei o fim do terrível 2019 acreditando na paz e no amor para 2020. No entanto, logo no terceiro dia do ano, acordamos num mundo ameaçado por uma guerra nuclear. O presidente da maior potência militar do planeta resolveu assassinar o segundo maior líder político do Irã, o General Soleimani, em atentado com característica terrorista.

Sopram bons ventos da Espanha

Pela primeira vez desde a transição democrática de 1978, os dois principais partidos de esquerda unem-se para formar governo. A articulação de esquerda de que Portugal foi pioneiro na Europa a partir de 2016 teve um papel importante ainda que indiretamente na solução espanhola.

Ao longo de um século, Estados Unidos matam 100 milhões de pessoas

O jornalista e ex-professor Urias Rocha, de Mato Grosso do Sul, realizou uma breve cronologia das invasões e ataques dos Estados Unidos ao redor do mundo nos últimos 150 anos. A quantidade de mortes pelas quais são responsáveis é de aproximadamente 110 milhões de pessoas. Nunca foram denunciados formalmente ante tribunais internacionais.

Leci Brandão: a resistência da mulher negra

Aos 75 anos, a sambista Leci Brandão é uma referência para a resistência negra. Ficou famosa por suas músicas, principalmente a Zé do Caroço, que foi composta durante a ditadura militar e até hoje é um hino em toda roda de samba, mas também pela sua representatividade no âmbito parlamentar.

Desenvolvimentismo e Estado de Bem-Estar Social

Não é correto contrapor liberalismo com socialismo ou vice-versa. O socialismo se pretendia modo de produção (assim como é o capitalismo). Liberalismo é corrente de pensamento econômico, que inspira adoção de políticas públicas no campo da Economia.

Agressão dos EUA contra Irã é o ápice da Guerra ao Terror

Difícil comensurar o quão perigoso e desestabilizador foi o assassinato de Qassem Soleimani por drones estadunidenses na última quinta-feira, 2. A execução teve todas as características de atentado terrorista. E cada vez que um Estado apela abertamente ao terror, quem ganha legitimidade é o terror, não o Estado.

Presente de fim de ano

Enquanto uma negra em diáspora eu comemoro o Kwanzaa, e na tradição do Kwanzaa nós devemos presentear nossos irmãos com presentes não-industriais, de preferência coisas feitas por nós, então essa poesia é o meu presente pra vocês, como uma comemoração de fim de ano.

Então é natal e o que você fez???

Fato é que, se você é cristão e se sente ofendido em ver Jesus Cristo retratado como gay, então devo dizer que você é homofóbico. Mesmo sem saber, achando ou afirmando que não é, você é. E homofobia, além de crime, não é compatível com os ensinamentos de Cristo.

Guerra contra os pobres: a marca de Bolsonaro, em 2019

Como tem dito o Papa Francisco, vivemos um sistema estruturalmente perverso. E dados não faltam para comprovar a máxima papal. Nós seguiremos fazendo oposição democrática ao governo Bolsonaro, ainda que ele faça dessa palavra mero adereço ou cacoete discursivo.

Quem apoia o AI-5 é fascista

A suspensão do Habeas Corpus trouxe a certeza de que as atrocidades dos torturadores não seriam verificadas, pois os presos não teriam a liberdade.

Crivella joga a saúde do Rio no lixo!

O total descaso de Crivella com a saúde do povo do Rio de Janeiro é frequentemente definido como “incompetência”, mas é pior do que isso. É sua opção política, em completa sintonia com os governos do golpista Temer e do fascista Bolsonaro

Karol Eller e a lesbofobia estrutural

Karol Eller foi vítima da lesbofobia estrutural que diariamente atinge as lésbicas independente da posição política delas. O debate precisa ser feito em cima disso, como podemos acabar com a lesbofobia estrutural? Como podemos pensar em uma nova socialização?

A Marcha da Maconha e o IAB

Tramita na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – ALERJ um projeto de lei que visa impedir a realização da Marcha da Maconha no Estado. O Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), organização de caráter acadêmico jurídico comparado à Academia Brasileira de Letras, após minha indicação, fez um parecer contrário ao referido projeto.

A farsa no MEC e por que Weintraub precisa ser demitido

Em uma virada radical de hegemonia no campo político como temos visto com o governo Bolsonaro, o MEC se torna uma peça fundamental para assentar sua posição na disputa ideológica da sociedade, buscando inverter valores, revisar concepções políticas e visões historiográficas que já estavam bastante consolidadas.

Mulheres negras em movimentos

Quais são as feministas da América Latina que vocês conhecem? Algumas delas são mulheres negras? Quantas intelectuais lésbicas da América Latina você conhece?

Mitos sobre Pansexualidade!

Dia 08/12 foi dia do Orgulho PAN! E por aí muita gente ainda não entendeu ou se confunde ou tá tirando a gente de otárie. Por isso, escrevi aqui um pouco sobre os mitos que já ouvi por aí sobre pansexuais e panromânticos.

Variedades da semana

Na semana pós Black Friday – em que chamaram a atenção a nomeação do novo presidente da Fundação Palmares e sua complicada relação de negação para com o movimento negro; e acusações levianas de Bolsonaro, para quem o ator Leonardo DiCaprio seria responsável pelo financiamento de queimadas na Amazônia – nem bem havia acabado a segunda-feira e parecia que já era noite de sábado.

Marina Iris e Manu da Cuíca: a força da mulher no samba

O movimento de mulheres no samba tem ganhado muita força nos últimos anos, e a cantora Marina Iris e a compositora Manu da Cuíca têm contribuído muito neste processo. Na conversa com a NINJA, em coluna de Eduardo Sá, elas falam sobre a conquista das mulheres no samba e o papel político que este gênero musical representa.

Maconha e Anvisa

A Anvisa aprovou a venda de suplementos alimentares e remédios à base de maconha no Brasil. No mesmo dia, à tarde, a Anvisa impediu a plantação de maconha no Brasil. Neste momento trágico que vivemos no Brasil, sob a presidência de um fascista assumido, trata-se de um passo adiante.

Evo Morales: a história o absolverá

Os acontecimentos dramáticos ocorridos na Bolívia seguiram um guião imperial que os latino-americanos começam a conhecer bem: preparar a mudança de regime de um governo considerado hostil aos interesses dos Estados Unidos (ou melhor das multinacionais norte-americanas).

Ô Bolsonaro, nem a psicanálise te explica!

Das menções ao AI-5 pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro e pelo ministro da Economia Paulo Guedes às falas de Jair Bolsonaro que acusaram Leonardo DiCaprio de ser o responsável pelas queimadas da Amazônia, nos indicam que tivemos mais uma semana agitada e preocupante.

Luiz Antônio Simas, um intelectual das ruas cariocas

Um intelectual orgânico seria a forma mais próxima de anunciar o historiador, compositor e escritor Luiz Antônio Simas. Em entrevista à NINJA, faz uma análise sobre o papel do samba na cidade e na cultura nacional, trazendo também algumas características contemporâneas deste gênero musical.

Charlatanismo científico a serviço do mau-caratismo político

Nessa semana, o Acre recebeu, no plenário de sua Assembleia Legislativa, o professor da UFAL, Luiz Carlos Baldicero Molion. Sem nenhum fundamento científico, ele contesta as teses científicas preponderantes segundo as quais a floresta amazônica e seu bioma teriam função de regulação climática.

Os excrementos do capitão e do ministro

Seguindo o revezamento do sistema de hierarquia, Paulo Guedes, ministro da Economia, faz cocô dia sim e dia não, pois intercala esse governo escatológico com o capitão do Trump.

Guedes e Bolsonaro paralisaram o Brasil

A incapacidade do governo Bolsonaro de reaquecer a economia ganhou novos capítulos nesta semana após as irresponsáveis declarações do ministro Paulo Guedes ameaçando a normalidade democrática com a reedição do AI-5.

Embustes e engodos da chamada nova política

A solidez de uma liderança política se funda na luta social, nas experiências de gestão, na lida do parlamento, dentre outras vivências, coisas que nenhum curso pode substituir, apesar de muitos políticos atuais pensarem que sim