opinião

Direita rachada

A ira demoníaca dos evangélicos bolsonaristas contra os líderes do “centrão” e da bancada governista no Congresso Nacional explodiu. Os blocos em conflito também estão rachados internamente.

Morro do Fogo: fé e luta quilombola

Confira o segundo artigo da série Sertão Geodésico e a vivência na Comunidade Quilombola de Morro do Fogo, localizada entre o município de Chapada Gaúcha e o Distrito de Serra das Araras.

Pelo direito de pensar e decidir se queremos ou não ser mães

A Lei nº 11.159/2021, de autoria do vereador Jorge Pinheiro (PSDB), foi sancionada pelo prefeito Sarto (PDT) de Fortaleza (CE), institui a “Semana pela vida”. Esta promove o ensino da “conscientização” do papel das mulheres para a manutenção da ordem masculina, heterossexual, rica e branca dentro desse modelo de sociedade que faz do estupro um espetáculo ao vivo na tevê.

Grower não é traficante. E itens para cultivo não são para o tráfico

Uma decisão recente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) foi amplamente compartilhada no meio canábico e também nos veículos de comunicação em geral. E o motivo é bem simples: tem cada vez mais pessoas querendo plantar maconha para uso próprio e querendo que isso se torne legal de uma vez por todas no Brasil.

Me deixa reclamar!

Eu sou uma pessoa naturalmente questionadora, inclusive minha bio tem lá, questionadora do status quo, amo saber os porquês e sempre fui assim, foi através deles que vim parar na tecnologia.

Nem autogolpe e nem impeachment

Bolsonaro nunca desceu do palanque. A pretexto de “comemorar” mil dias de mandato, ele viajou desesperadamente pelo país. Converteu a agenda autogolpista numa gincana reeleitoral.

Federações partidárias melhoram o cenário eleitoral

Estamos a um ano do primeiro turno das eleições gerais de 2022. Terça-feira passada (28), o Congresso Nacional promulgou as novas regras eleitorais, após a apreciação dos vetos do presidente Bolsonaro a dispositivos legais aprovados anteriormente.

O abraço

No passado dia 28 de agosto de 2021 às 16h30 dei o primeiro abraço a alguém fora do círculo das poucas pessoas íntimas que convivem comigo diariamente, quinhentos e vinte cinco dias depois de me ter isolado na minha aldeia a 30km de Coimbra devido à pandemia.

Procure aí por Esther

A mensagem surge de supetão no meu Whatsapp comunista como uma barata que acabou de tomar uma dose aveludada de Detefon. A mensagem piscava.

Um mundo de corrupção escancarado pela CPI

Nas últimas semanas a CPI da Pandemia foi abastecida com novos documentos e informações que reforçam as suspeitas da montagem de um esquema destinado ao desvio de recursos públicos por meio da aquisição de vacinas contra o novo coronavírus para serem utilizadas na imunização do povo brasileiro.

Sertão Geodésico – a travessia do tempo

Ao som de “Fazenda”, música de Nelson Ângelo interpretada por Milton Nascimento no disco Geraes, começou a viagem de reencontro com o sertão mineiro, narrada a seguir, e tudo o que ele representa.

A peça que falta

Do 7 de setembro à rendição de Bolsonaro com carta de Temer: o enredo político da semana passada não faz sentido, considerando as informações disponíveis.

Correio deselegante de um flerte golpista

A carta arreglo de Jair Bolsonaro ao país, redigida pelo advogado Michel Temer, nos parece mais adequada a um abraço de afogados golpistas do que propriamente a um pedido de desculpas à nação.

O golpe virou tiro no pé

O efeito da nota de Bolsonaro vai depender do lugar de quem estiver lendo a nota. Mas, não deixa de ser um sintoma que a movimentação golpista no dia da independência, estimulada por Bolsonaro, pegou muito mal.

Terras Indígenas: dá para resolver

Ontem, rolou mais uma etapa do julgamento, pelo STF, que pode decidir o futuro das Terras Indígenas no país. A questão em jogo é se a demarcação dessas áreas deve ou não estar subordinada ao “marco temporal” de 5 de outubro de 1988, data da promulgação da Constituição.