Juca Ferreira

Lava-Jato

É facilmente perceptível que essas ações espetaculares da lava-jato têm, de novo, objetivos políticos e é a mesma maneira de proceder de quando se concentraram no PT para demonizá-lo e criar uma rejeição de proporções na sociedade para montar um processo de aniquilamento do PT e tirar Lula da disputa.

A morte não pode governar o Brasil!

Oficialmente, já morreram mais de setenta mil brasileiros e brasileiras, vitimados pela covid-19. E já temos quase dois milhões de infectados. Todo mundo sabe que os números oficiais de mortes e de infectados estão subestimados pela subnotificação e pelo desejo de ocultar a gravidade da situação.

Queiroz, PMs e as tramas golpistas do capitão

Essa notícia veiculada ontem, de que as Polícias Militares do país teriam avisado que, em caso de um impeachment ou de uma ruptura qualquer, estariam do lado do capitão e que se afastariam da sua missão institucional e abandonariam seus governadores, é muito grave.

Às margens do rubicão

Numa analogia ao momento em que Júlio César violou as leis da República Romana. Os próximos passos podem definir o destino do nosso país.

Brasil, mostra sua cara!

Bolsonaro chegou a uma situação de perda das condições políticas mínimas para governar. E, com essa estratégia de tudo ou nada, vai dinamitando as pontes e criando uma situação de não retorno.

Tempos pretéritos

A ficha caiu! As panelas estão falando cada noite mais alto. A sociedade está inquieta, insegura e se convencendo de que Bolsonaro não é uma alternativa.

Errar é humano, insistir no erro é Bolsonaro

Essa posição de retomar imediatamente a “normalidade” das atividades econômicas, ignorando a Covid-19 e pondo fim a quarentena é bem vista também por muitos micros, pequenos e médios empresários cujos negócios estão sendo afetados pela crise sanitária e pela pandemia.

O abismo é logo ali

Existe ali, como fio condutor da fala de Bolsonaro, uma estratégia fria, algo pensado, consciente. E, que não é só dele. E é a própria essência do projeto neoliberal e autoritário.

Levanta, Brasil!

Hostes reacionárias preparam várias frentes de ataque à liberdade de expressão e à livre produção cultural. Não está na hora de um grande NÃO?