Carol Façanha

Mais que um símbolo

Não dependa de ninguém: enxugue as próprias lágrimas, se cure sozinha e siga em frente. Como o guia moderno da mulher forte vai te levar de volta para um outro tipo de prisão. Ainda mais perigoso.

E se todas as alternativas estivessem erradas?

Morrer ou não num battle royale? Ser conformada ao local de origem ou tentar o novo? Passar no teste ou passar fome? Essas são as perguntas que parecem desenhar o destino dos protagonistas, mas não parecem comportar a complexidade das tramas.