Bruno Trezena

Procure aí por Esther

A mensagem surge de supetão no meu Whatsapp comunista como uma barata que acabou de tomar uma dose aveludada de Detefon. A mensagem piscava.