afrolatinas

Cada cicatriz sua, eu beijei

Eu quero viver o amor dos Nossos corpos diversos Pra que o tempo nos espie Enquanto a gente se percebe

Eu quero que você viva muito

Lembrar que é matéria experienciando o plano material, sem se esquecer que essa experiência faz conexão com outros planos. São carinhos possíveis que nossos corpos cansados merecem, sabe?

Home Office e mulheres na pandemia

E todo o montante de pessoas que não se encaixa no privilegiado grupo que tem tempo para os alívios? Tempo é uma palavra e uma realidade que custa caro.

Contato com meu “Eu”

Nesse período de pandemia muitas são as sugestões para aproveitar o momento e desenvolver reflexões sobre a vida. Aproveitei para ler alguns livros que tinha vontade, mas não tinha feito, por falta de tempo.