Andréia de Jesus

Eles chamam de despejo; nós, de GENOCÍDIO

Minas Gerais está à espreita de um novo despejo. A Prefeitura de Sete Lagoas, com a cumplicidade do governo estadual de Romeu Zema, está montando uma operação para despejar de forma violenta mais de 100 famílias que vivem na Ocupação Cidade de Deus na próxima quinta-feira, dia 27 de maio.

O paradoxo da onda antirracista

Os debates e a mobilização contra o racismo têm atingido uma visibilidade rara – ainda que somente sejam assim propagados após a morte de George Floyd, nos Estados Unidos.

Auxílio Emergencial: como enfrentar o regime do invisível?

A máquina capitalista e estatal empenha todos os seus esforços em tornar visíveis os problemas e sua batalha contra esse inimigo que ninguém vê, enquanto invisibiliza e inviabiliza, mais uma vez, a vida daqueles e daquelas que estão sempre nas margens, nas periferias, fora dos cadastros, fora do sistema online de matrícula.

Por uma política democrática de criatividade

Vivemos hoje uma pandemia de escala global, que testa os limites éticos e políticos da ideologia neoliberal e é nesse momento, de grande provação para todos nós, que temos a oportunidade de transplantar para a política institucional as estratégias de sobrevivência que trouxeram sujeitos tão diversos para espaços de visibilidade e poder.