Assassinatos, ameaças com arma e perseguições no trânsito: bolsonarismo promove escalada da violência política

Últimas semanas do período eleitoral concentram casos de violência e reforçam cultura do ódio defendida por Bolsonaro e seguida por seus apoiadores