Acho que o efeito da nota de Bolsonaro vai depender do lugar de quem estiver lendo a nota. Mas, não deixa de ser um sintoma que a movimentação golpista no dia da independência, estimulada por Bolsonaro, pegou muito mal.

Na sua base mais fiel, a nota vai causar perplexidade e certa frustação. Foram mobilizamos e aquecidos para dar uma demonstração de força e a manifestação que era na verdade um ensaio e uma preparação para um golpe pegou muito mal.

Bolsonaro, com a nota, recua e bate fofo e denota frouxidão na visão dos que queriam um “macho” mitológico comandando a tropa para atropelar tudo que tiver pela frente. Na maioria do povo brasileiro, ele vai amealhar alguma simpatia com esse gesto aparentemente de humildade e muita desconfiança de que não é para valer.

Não podemos esquecer de que quem escreveu a nota foi uma das raposas mais felpudas da política brasileira.

Se ele vier a ter uma recaída nos próximos dias, aí vai pagar o preço de um descrédito gigantesco. Bolsonaro e seu governo estão por um fio para deixarem de existir politicamente.

O STF e particularmente os ministros Barroso e Alexandre de Moraes saem bem fortalecidos. Peitaram o golpe. As atitudes do ministro Alexandre tem chamado a atenção e o discurso de Barroso foi surpreendentemente muito bom.

Charge: Gilmar @cartunista_das_cavernas

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

NINJA Esporte Clube

Brazilian Storm: Brasileiros chegam às finais da WSL, têm título inédito consagrado e estão entre os melhores do mundo

Movimento dos Pequenos Agricultores

O povo quer feijão e não fuzil: o Rio de Janeiro também produz feijão agroecológico

NINJA Esporte Clube

Corinthians supera Palmeiras e sai com vantagem pelo título do Brasileirão Feminino

Fred Maia

Correio deselegante de um flerte golpista

Renata Frade

Brasileiras combatem preconceito e racismo no sistema de saúde dos Estados Unidos 

Márcio Santilli

A peça que falta

Renata Lima

Aumento da pornografia infantil nas redes sociais e jogos online durante a pandemia

Juca Ferreira

O golpe virou tiro no pé

Márcio Santilli

Terras Indígenas: dá para resolver

Ana Claudino

Visibilidade lésbica é um direito humano!

Jorgetânia Ferreira

Assistam Valentina: a força do interior de Minas trans

William Filho

Por que tantas pessoas estão cultivando maconha?

Juca Ferreira

O tigrão golpista virou um gatinho democrático?

Luana Alves

Vacinação, segunda dose e defesa da vida nas periferias!