A Bolívia recuperou a democracia e a esperança e nos deu uma lição, para toda a América Latina, de que podemos recuperar a democracia e a esperança em todo o território.

A luta e a vitória do povo boliviano é uma luz iluminando o caminho de todos nós, do México ao Uruguai.

E ontem, Mujica, o grande Mujica, se recolheu.

Ou, como ele disse, saiu da linha de frente para dar lugar aos mais jovens.

Pelo que passou na vida, merece um pouco de descanso. Afinal de contas, ninguém é de ferro.

Obrigado, Mujica, por tudo! Pelo exemplo de dignidade, determinação, compromisso e inteligência. Nossa gratidão!

Minhas homenagens a você e a todos que desde as lutas anti-coloniais até os dias de hoje dedicaram e deram suas vidas por nossa liberdade, pela justiça social e em defesa das nossas florestas, nossa biodiversidade e pela preservação das águas.

Tenho certeza que enquanto for preciso luta e revoluções para termos liberdade, democracia e justiça social, Che estará entre nós, dando o exemplo.

Se assim for, deve estar contente, pois o espírito libertário volta a crescer na América Latina!

O povo latino-americano aos poucos vai tomando as rédeas do seu destino e se livrando dos seus atuais algozes. Nas cidades, nos campos e nas florestas, nas favelas e bairros populares, na arte e na cultura, nas universidades e escolas secundárias, nosso povo aos poucos vai despertando, resistindo e combatendo essa aliança maldita entre o neoliberalismo e o neo fascismo. O México, a Argentina, a Bolívia já disseram não, não passarão!
e outras vitórias virão.

O Chile está nas ruas dizendo não ao ditador Pinochet e sua necropolítica e retomando o caminho democrático do grande presidente Salvador Allende.

Essa música do poeta Capinam em parceria com Gilberto Gil, aqui cantada por Caetano Veloso, é minha modesta homenagem ao povo boliviano, a Mujica e a todos que lutaram e lutam por democracia, justiça social e sustentabilidade do México ao Uruguay.

-VIVA MUJICA E TODOS QUE SONHARAM E SONHAM COM LIBERDADE, IGUALDADE E FELICIDADE PARA TODOS!

-VIVA A AMÉRICA LATINA!

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

William Filho

Maconha no Brasil: o que esperar de 2021?

Djeff Amadeus

Cabe desobediência civil para impedir o Enem no Domingo

Camarada Gringo

Com a invasão do Capitólio, o imperialismo chega em casa

Gabriel RG

Assange está mais longe da extradição, mas o jornalismo segue perto do fim

Dríade Aguiar

Feliz ano novo com velhos problemas (para as mulheres)

Tatiana Barros

Artista faz streaming na Twitch TV para ensinar tudo que aprendeu gratuitamente usando várias tecnologias, principalmente a impressora 3D

Márcio Santilli

A ciência e o capital contra a pandemia

Dríade Aguiar

Uma sentença, uma celebração e uma promessa

Márcio Santilli

A resistência dura e vitoriosa dos Ashaninka do Rio Amônia

Márcio Santilli

O resgate da esperança

Cleidiana Ramos

Precisamos desarmar nossas bombas de ódio

Bernardo Gonzales

Fotos 3x4, transexualidade e as violências cisheteronormativas

Jorgetânia Ferreira

Manifesto das mães contra a volta às aulas presenciais em Uberlândia

Bancada Feminista do PSOL

Por que o MBL tem medo dos mandatos coletivos?