Ou quando a indigência da política diz da morte da cultura.

 

Nem aplausos, nem vaias:
um silêncio de morte […]
no drama sufocado em cada rosto
a lama de não ser o que se quis
a chama quase morta
de um sol posto
dama de um passado mais feliz*.

  

Decálogo extraído da obra de Aldir Blanc:

O samba é tudo que eu sei e momo é o único rei que amei;

Meu companheiro tá armado até os dentes: já não há mais moinhos como os de antigamente;

As frases e as manhãs são espontâneas levantam do escuro e ninguém pode evitar;

O meu pastor não sabe que eu sei da arma oculta na sua mão;

Perito em paixão constatou: falha humana;

E noto que o amor é pior que escala em terremoto;

Em cada tristeza erguer nosso corpo ao humor;

Ai, só dói quando eu rio;

E não chia que o bom jogador joga o jogo;

A esperança equilibrista sabe que o show de todo artista

tem que continuar.

 

Morais Moreira, Presente!
Flávio Migliaccio, Presente!
Ciro Pessoa, Presente!
Daniel Azulay, Presente!
Naomi Munakata, Presente!
MC Dumel, Presente!
Nego Ni, Presente!
Daisy Lúcidi, Presente!
Martinho Lutero Galati, Presente!
Anderson Dias, Presente!
Maria da Inglaterra, Presente!
Aldir Blanc, Presente!

*Cabaré, letra de Aldir Blanc para música de João Bosco.

 

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Colunista NINJA

Memória, verdade e justiça

FODA

Qual a relação entre a expressão de gênero e a violência no Carnaval?

Márcio Santilli

Guerras e polarização política bloqueiam avanços na conferência do clima

Colunista NINJA

Vitória de Milei: é preciso compor uma nova canção

Márcio Santilli

Ponto de não retorno

Andréia de Jesus

PEC das drogas aprofunda racismo e violência contra juventude negra

Márcio Santilli

Através do Equador

XEPA

Cozinhar ou não cozinhar: eis a questão?!

Mônica Francisco

O Caso Marielle Franco caminha para revelar à sociedade a face do Estado Miliciano

Colunista NINJA

A ‘água boa’ da qual Mato Grosso e Brasil dependem

Márcio Santilli

Mineradora estrangeira força a barra com o povo indígena Mura

Jade Beatriz

Combater o Cyberbullyng: esforços coletivos

Casa NINJA Amazônia

O Fogo e a Raiz: Mulheres indígenas na linha de frente do resgate das culturas ancestrais

Rede Justiça Criminal

O impacto da nova Lei das saidinhas na vida das mulheres, famílias e comunidades

Movimento Sem Terra

Jornada de Lutas em Defesa da Reforma Agrária do MST levanta coro: “Ocupar, para o Brasil Alimentar!”