As instituições da república estão se esfacelando aos olhos de todo o povo, abrindo os perigosos caminhos da anti-política e de saídas anti-democráticas. Isso nos deve fazer pensar.

Estamos numa encruzilhada e Guilherme Boulos faz o exercício de pensar três pontos que podem ajudar a traçar caminhos para a esquerda. Ter unidade na resistência, fazer uma reforma tributária progressiva, trabalhar pela democratização da mídia, reconstruir os vínculos com o povo e repensar os caminhos da esquerda são alguns dos pontos abordados por Boulos na sua nova coluna. Assista agora!

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Daniel Zen

Aos que votavam em Bolsonaro por "honestidade", podem arrumar outro motivo ou voto

Renata Mielli

Podem ter roubado seus dados do Facebook para alterar o resultado da eleição

Gabinetona

Economia pelo bem viver

Caetano Veloso

Caetano Veloso responde a Olavo de Carvalho

Monique Prada

Monique Prada: Pode a puta de luxo falar?

Jean Wyllys

Jean Wyllys: Operação Lava-Zap

Tulio Ribeiro

Milagro Sala: Os mil dias de uma prisão injusta

Isa Penna

Isa Penna: Violência contra feministas é tática nas eleições

Laio Rocha

Como frear o encarceramento em massa no Brasil e nos EUA?

Pastor Ariovaldo

Pastor Ariovaldo: Trabalho como estímulo para o progresso da comunidade

Jean Wyllys

Jean Wyllys: Legado dos governos petistas foi mais importante na educação

Tulio Ribeiro

Mattis e o roubo do século

Tulio Ribeiro

A dolarização e o neocolonialismo

André Barros

Paes é Cabral. Cabral é Paes

André Barros

Criminalização racista da maconha