“É preciso que nós mulheres estejamos lá, na Câmara de Vereadores, ocupando os espaços com os nossos corpos, com as nossas pautas e fazendo as nossas vozes sendo ouvida. Se nós não estivermos, alguém vai falar por nós e não vai falar aquilo que nós vivenciamos, aquilo que nós sentimos na pele.”

Edna Leite é missionária franciscana, militante feminista, apoiadora da luta LGBTQIAP+, educadora popular e sócio ambiental, militante da economia popular e está candidata a vereadora em Poços de Caldas pelo Partido dos Trabalhadores.

Militando no Movimento Franciscano e também no Movimento Nacional de Direitos Humanos desenvolveu uma compreensão sensível sobre a vida do povo mais pobre e a importância de se lutar por mais justiça social e mais igualdade. Tem uma trajetória de dialogo horizontal e de defesa dos direitos das mulheres que fizeram parte da sua historia, da sua compreensão de mundo e da sua atuação. Defende que a cidade de Poços de Caldas implemente a Casa da Mulher, que é um projeto sancionado, mas que não aconteceu e que é fundamental para interligar todas as políticas públicas para as mulheres no mesmo espaço.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Édna Leite Ramos (@ednaofs) em

“É importante a gente olhar para aquelas pessoas que nunca foram eleitas, que nunca estiveram com a caneta na mão, que não tinham o menor recurso financeiro, mas que mesmo assim fez muito pela sociedade e faz todos os dias. Independente de ser eleita ou não, eu vou estar nas ruas lutando por políticas públicas e pelos direitos de todes.”

Edna tem compromisso com o dialogo, com uma política democrática e participativa e entende a importância de todos estarem juntos na defesa de um Mandato que faça uma ocupação popular na Câmara de Vereadores e construa uma cidade mais inclusiva, defende pautas centrais e que pense todos de uma forma igualitária. Num compromisso com a luta e a representação de mais mulheres nos espaços de poder e a compreensão de mais mulheres no protagonismo.

Acesse Campanha de Mulher e conheça candidatas incríveis em todo o Brasil.

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Jorgetânia Ferreira

São Paulo merece Erundina

Bancada Feminista do PSOL

Do #EleNão ao Boulos e Erundina sim!

Fabio Py

Dez motivos para não votar no Crivella: às urnas de luvas!

Dríade Aguiar

Se matarem meu pai no mercado

transpoetas

Mês da Consciência Transnegra

História Oral

O Mitomaníaco e os efeitos eleitorais da Pós-Falsidade

Márcio Santilli

Bolsonaro-Frankenstein: cara de pau, coração de pedra e cabeça-de-bagre

Cleidiana Ramos

O furacão de tristezas que chegou neste 20 de novembro insiste em ficar

Tatiana Barros

Como nasce um hub de inovação que empodera pessoas negras

História Oral

Quando tudo for privatizado, o povo será privado de tudo e o Amapá é prova disso

Colunista NINJA

LGBTI+ de direita: precisamos de representatividade acrítica?

Juan Manuel P. Domínguez

São Paulo poderia ser uma Stalingrado eleitoral

Colunista NINJA

A histórica eleição de uma bancada negra em Porto Alegre

Bancada Feminista do PSOL

Três motivos para votar na Bancada Feminista do PSOL

Carina Vitral da Bancada Feminista

Trump derrotado nos Estados Unidos, agora é derrotar o bolsonarismo na eleição de domingo no Brasil