Organizado pela Blend Edu, o prêmio Diversidade em Prática premiará empresas em 9 categorias de melhores práticas de diversidade inclusão

Foto: Tumisu / Pixabay

A Blend Edu, startup especialista em inovação para diversidade e inclusão nas empresas, abriu as inscrições para a primeira edição do Prêmio Diversidade Em Prática. O intuito do projeto é identificar e reconhecer ações inovadoras que constroem ambientes de trabalho mais inclusivos dentro das organizações que atuam no Brasil, de iniciativa pública ou privada.

Para participar, as empresas devem inscrever seus cases e boas práticas dentro de uma  das oito categorias da premiação: cultura inclusiva; liderança inclusiva; infraestrutura e processos; comunicação inclusiva; negócios inclusivos; estrutura interna; educação e empoderamento e representatividade. Já a categoria Top of Mind #DiversidadeEmPrática, de votação popular, deverá identificar a empresa mais lembrada no tema de diversidade e inclusão. O material inscrito também será analisado de acordo com o porte da corporação: pequeno, médio e grande.

“Muitas empresas e executivos decisores sabem da importância da diversidade e inclusão em um ambiente de trabalho. Entretanto, existe uma dificuldade latente em sustentar programas do tipo dentro das empresas. Por isso, decidimos premiar as ações que mais se destacaram no cenário brasileiro não apenas para consagrar as estratégias, mas também para inspirar outras empresas com cases que fazem a diferença”, conta a fundadora da Blend Edu, Thalita Gelenske.

Para participar, as empresas podem se inscrever gratuitamente através do formulário no link. Para a categoria Top of Mind, o público poderá indicar empresas pelo link. O Prêmio  conta com o apoio do Capitalismo Consciente Brasil, Endeavor, Quebrando o Tabu, Hand Talk, PMR advocacia, dentre outros. As práticas reconhecidas serão apresentadas no evento Diversidade em Prática Summit, que acontece em outubro.

Sobre a Blend Edu

A Blend Edu é uma startup especializada em D&I que capacita e mobiliza pessoas a colocarem a diversidade em prática em empresas. A startup cria projetos, treinamentos e soluções para impulsionar uma cultura inclusiva dentro e fora das organizações. Desde 2018, a empresa atua com a vontade de transformar as realidades e criar ambientes cada vez mais diversos para que as pessoas tenham acesso às mesmas oportunidades.  A Blend Edu já impactou mais de 30.000 pessoas nas suas ações e tem mais de 60 grandes empresas e marcas no seu portfólio, tais como a 3M, OLX Brasil, Globo, TIM, Movile, Cielo, GE, Reserva, Ipiranga, Grupo Boticário, Roche entre outras.

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Eduardo Sá

“Lula transmite um amor maior”, afirma Filipe Ret

Observatório das Eleições 2022

Bolsonaro e o uso enganoso dos dados sobre entrega de títulos de propriedade

Observatório das Eleições 2022

Eleições 2022: candidatura feminina é igual em qualquer lugar?

Estudantes NINJA

Paulo Freire e o encontro com bell hooks: Um diálogo transformador de celebração do amor e da liberdade crítica

Tatiana Barros

Artistas digitais criam NFTs criticando atos antidemocráticos

Andressa Pellanda

Manual para votar em candidaturas que defendem (de verdade) a educação

Observatório das Eleições 2022

Titular e pacificar em nome do desenvolvimento: Bolsonaro e conflitos no campo

Observatório das Eleições 2022

Por que o Auxílio Brasil turbinado não ajudou Bolsonaro entre os mais pobres?

Renata Frade

Lançamentos em Tecnologia por incríveis autoras brasileiras

Márcio Santilli

Estertores do bolsonarismo

Colunista NINJA

O voto é secreto e necessário: o voto liberta

Observatório das Eleições 2022

Youtube e o seu sistema de recomendação de conteúdos na eleições de 2022 no Brasil

Márcio Santilli

Vantagem de Lula alavanca candidaturas nos estados

Observatório das Eleições 2022

Gamers: um público em disputa pelas principais campanhas à Presidência em 2022

Bancada Feminista do PSOL

As 5 principais ideias da Bancada Feminista