Foto: Tiago Macambira

Se a senadora liberal diz que o governo está caindo de podre, e que, portanto, não tem como efetuar nenhuma reforma;

Se o mais delatado, incriminado, e citado como corrupto, entre servidores públicos, não só é liberado para voltar a seu cargo no Senado, como ganha no sorteio um aliado para analisar no supremo as denúncias que pesam contra ele, quem vai acreditar em qualquer possibilidade de justiça?

Se para alguns ministros do Judiciário a aplicação da lei não precisa levar em conta nenhum critério ético ou moral, nem mesmo o critério social, o que tal medida poderá provocar no ânimo da população e na sua crença no sistema judiciário?

Se o sujeito é pego por ter levado uma mala de dinheiro, como delatado pelo “doador”, e, mais, como comprovação, devolve parte do valor que ele havia tomado para si; mas, mesmo assim, é solto, apesar de ser peça incriminatória do mais influente dos acusados de corrupção…

É, não está fácil analisar o que se passa no país!

Isso me lembra uma fala de Jesus, que parafraseio: “Se o que deveria levar a luz para você está repleto de trevas, quão densas são as suas trevas!“

 

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Márcio Santilli

Estelionato eleitoral movido a petróleo

Mônica Francisco

Mês do orgulho LGBTQIA+: por que tanta invisibilidade no esporte?

Bancada Feminista do PSOL

O aborto das outras

Design Ativista

Ativismos Diários: já praticou hoje?

Design Ativista

Imagina Que é a Sua Noite de Estreia

Estudantes NINJA

A marginalização dos adolescentes na política brasileira

Movimento dos Pequenos Agricultores

Agricultura Familiar pro Brasil não passar Fome

FODA

Stonewall, a luta contra a violência policial contra pessoas LGBTQIA+ e as eleições de 2022

Daniel Zen

Dos generais de 4 estrelas ao baronato do agro: a quem interessa o governo Bolsonaro

Fabio Py

Jair e o falso cristão

FODA

Se essa escola fosse minha (...)

FODA

Desimperializar o orgulho: por que urge valorizar as insurgências ao sul de Stonewall?

Design Ativista

Eu, Design, Ativismo

Daniel Zen

A Lei Rouanet e os cachês do poder

Márcio Santilli

ONGs militares divulgam "Projeto de Nação": tutelada e isolada