Um gabinete de crise foi estabelecido para minimizar os danos ambientais e proteger a população

Foto: PM/SC

Um grave acidente envolvendo um caminhão carregado de ácido sulfônico, substância química utilizada na fabricação de detergentes e desengraxantes, deixou sem abastecimento de água cerca de 75% da cidade de Joinville, Santa Catarina.

Por volta das 7h da manhã, o motorista do veículo perdeu o controle na estrada estadual SC-301, que dá acesso à Serra Dona Francisca, e colidiu contra uma ribanceira.

A prefeitura de Joinville decretou situação de emergência ainda pela manhã. Uma medida preventiva foi a interrupção da captação de água da Estação de Tratamento de Cubatão, visando evitar a contaminação do sistema, uma vez que o ácido sulfônico foi despejado no Rio Seco, afluente do rio Cubatão.

Um gabinete de crise foi estabelecido para minimizar os danos ambientais e proteger a população. O major Ruy Florêncio Teixeira Júnior, da Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, esclareceu que o ácido sulfônico, embora tenha baixa toxidade, requer cuidados. Uma empresa terceirizada foi contratada para realizar a limpeza do local e conter o vazamento.

“Até o momento, não identificamos mortandade de peixes ou animais relacionados ao vazamento. Amostras do material foram recolhidas para apuração criminal e administrativa referente à infração ambiental”, afirmou o major.

O motorista do caminhão, um homem de 59 anos não identificado, foi resgatado no local com ferimentos pelo corpo, mas consciente. Ele foi encaminhado ao Hospital Municipal São José, onde seu estado de saúde é estável, mas permanece em observação.

*Com informações da Agência Brasil