Longa será exibido na Mostra Competitiva da 51ª edição do Festival, no dia 13 de agosto

foto: Andréa Testoni / Zuppa Filmes

 

Por Marilda Campbell

O longa “Tia Virgínia”, protagonizado por Vera Holtz, está entre os seis selecionados para a Mostra Competitiva de Longas-Metragens Brasileiros do Festival de Cinema de Gramado 2023 e será exibido no dia 13 de agosto, no Palácio dos Festivais.

Na trama, Vera Holtz dá vida à personagem título, uma mulher de 70 anos, que nunca se casou ou teve filhos. Convencida pelas irmãs Vanda e Valquíria (vividas por Arlete Salles e Louise Cardoso), Virgínia muda de cidade para cuidar da mãe idosa. No elenco também estão Antonio Pitanga, Vera Valdez, Amanda Lyra, Daniela Fontan e Iuri Saraiva.

“O filme fala da mudança do paradigma constrangedor de uma sociedade que não sabe lidar com a velhice. ‘Tia Virgínia’ vai em busca do caminho dela para a velhice a partir de uma ruptura, que a leva a sair deste lugar melancólico, e se reinventar”, explica Vera Holtz, que aponta o contraste com a velhice ao descrever a sensação de participar do Festival de Gramado pela primeira vez.

“Há 50 anos, eu escuto falar sobre o Festival. Há meio século acompanho colegas, filmes e a vibração dos que ganham o Kikito. Eu estou indo com esta alegria juvenil conhecer a história que este festival escreveu durante 50 anos e realmente se tornou um lugar emblemático, sobretudo por ser um festival no extremo sul brasileiro, o que dá um charme todo especial”, comemora a atriz.

Louise Cardoso, Vera Holtz e Arlete Salles. Foto: Andréa Testoni/Zuppa Filmes

“É uma alegria voltar ao Festival de Gramado com um filme que discute o país através de uma família tão peculiar, que é a minha, mas poderia ser a de tantos outros brasileiros. ‘Tia Virgínia’ descortina o lugar delicado e invisibilizado de tantas mulheres que tiveram suas vidas alteradas por uma ‘sentença’, por não terem se casado ou sido mães”, declara o roteirista e diretor Fabio Meira.

“Tia Virgínia” tem produção da Roseira Filmes e da Kinossaurus (produtora de Ruy Guerra e de Janaina Diniz) e distribuição da Elo Studios.

Leia mais:

Documentário ‘Roberto Farias – Memórias de um Cineasta’ participará do Festival de Cinema de Gramado 2023