Greve une trabalhadores que paralisam em protesto contra privatizações em SP

Os professores também reivindicam a revogação do projeto de corte de aproximadamente R$ 10 bilhões na verba orçamentária anual destinada à educação no estado