Evento gratuito acontece nesta quinta-feira (14) e marca os seis anos sem respostas do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes

Foto: Mídia Ninja

Por Nathália Shizuka

Seis anos sem respostas. Em 14 de março de 2018, Marielle Franco e Anderson Gomes foram mortos no Centro do Rio de Janeiro. O Instituto Marielle Franco, em mais uma iniciativa para marcar essa data, promoverá o Festival Março por Marielle e Anderson na próxima quinta-feira (14).

O evento será na Praça Mauá, no Centro do Rio de Janeiro, contando com a participação de diversos artistas, incluindo as cantoras Urias e Ebony, que já confirmaram presença. Adicionalmente, o local oferecerá oficinas de bordado, exposições abertas ao público com obras em homenagem a Marielle no Museu do Amanhã, atividades recreativas infantis no Museu de Arte do Rio, Espaço das Sementes e outras atrações. 

Ao longo do Março por Marielle e Anderson, serão realizadas várias reuniões com as autoridades competentes para incidência e acompanhamento do caso, em colaboração com o Comitê Justiça por Marielle e Anderson, composto pelo Instituto Marielle Franco, Mônica Benício, Agatha Reis e as organizações Justiça Global, Terra de Direitos, Coalizão Negra por Direitos e Anistia Internacional.

O Festival integra a programação do Março por Marielle e Anderson, que ocorre durante todo o mês, envolvendo ações em todo o mundo em memória das duas vítimas. Lives, debates, intervenções artísticas e ações simbólicas individuais e coletivas estão programadas ao longo do mês. Artistas e ativistas interessados em realizar ações em seus territórios podem se inscrever por meio do formulário online disponível no site do Instituto, sendo aceitas propostas tanto presenciais quanto virtuais.