O resultado dessas chuvas intensas foi o alagamento de ruas e avenidas, deixando moradores ilhados e resultando em chamados à Defesa Civil

Foto: reprodução

Na noite de terça-feira (23), a capital mineira enfrentou um verdadeiro caos devido às fortes chuvas que transformaram diversas vias em verdadeiros “rios”. Moradores ficaram ilhados, árvores caíram, carros foram arrastados e alguns bairros ficaram sem energia elétrica. Nas redes, internautas cobraram parlamentares como Nikolas Ferreira (PL), que impediu um empréstimo da prefeitura de Belo Horizonte para mitigação dos impactos das enchentes.

O resultado dessas chuvas intensas foi o alagamento de ruas e avenidas, deixando moradores ilhados e resultando em chamados à Defesa Civil. No bairro Santa Mônica, cerca de 15 residentes ficaram isolados em suas casas, enquanto os bombeiros foram acionados para lidar com três desabamentos em Belo Horizonte e um desmoronamento em Contagem, na região metropolitana.

O deputado Nikolas Ferreira justificou seu veto afirmando que não entregaria o dinheiro nas mãos de um “irresponsável” como o prefeito Alexandre Kalil (PSD), a quem ele chamou de “Gargamel” e acusou de ser “comunista”. O montante destinado ao orçamento era crucial para reforçar o Programa de Redução de Riscos de Inundações e Melhorias Urbanas na Bacia do Ribeirão Isidoro, beneficiando ocupações populares.

Além disso, o bairro São Bento, na região Centro-Sul, enfrentou um problema adicional com o rompimento da barragem Santa Lúcia, aumentando ainda mais o nível da enchente. Carros foram arrastados e deixados empilhados, enquanto equipes de resgate trabalharam para retirar pessoas em situação de perigo.

Rio de Janeiro e São Paulo em alerta

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta vermelho para partes dos estados da Bahia, de São Paulo e do Rio de Janeiro, por causa da previsão de chuva forte, levando grande perigo a esses locais entre esta terça-feira (23) e quarta-feira (24).

Segundo o Inmet, em São Paulo e no Rio de Janeiro, as áreas afetadas serão o Vale do Paraíba paulista, o sul fluminense, a região metropolitana do Rio de Janeiro e as regiões das baixadas dos dois estados.

Já na Bahia, a previsão é de que o sul, o centro-sul e a região metropolitana de Salvador serão atingidos pelas fortes chuvas.

O alerta vermelho indica alto risco de grandes alagamentos, transbordamentos de rios e deslizamentos de encostas.

*Com informações da Revista Forum e G1 Minas Gerais