Curtas-metragens abordam o entendimento dos homens de favelas sobre preconceito, sexualidade, saúde e sentimentos. Filmes estão disponíveis no YouTube

Foto: Laivas Rodrigues

Gravados no final de 2023, em Anchieta, Zona Norte do Rio de Janeiro, os documentários Masculinidades Periféricas – Desconstrução – e Masculinidades Periféricas – Reconstrução reúnem histórias de homens cis e trans moradores de regiões periféricas do estado para debater situações do dia a dia, ligadas ao comportamento, à saúde física e mental, violência, ao afeto, entre outras. Dirigidos pelo jornalista Renan Schuindt, os curtas-metragens foram produzidos durante a segunda edição do Papo de Baile do Maisum, projeto idealizado pelo DJ Jorge Maisum, que utiliza rodas de conversa para a conscientização dos homens quanto às suas vivências.

Os documentários podem ser assistidos gratuitamente, no canal do projeto, no YouTube. Neles, o público também poderá conhecer uma parte dos produtos artísticos feitos pelos participantes durante os encontros, assim como os resultados de uma pesquisa, também feita pelos componentes, que ouviu outros homens de periferias para saber o que eles entendem sobre os temas abordados nas rodas.

“Foi mais do que um processo de escuta, foi também de fala. Tive a chance de entrevistar pessoas que, inicialmente, eram bastante fechadas, mas que foram se abrindo, contando suas histórias e as mudanças de opinião. Daí, a escolha por dividir em dois filmes, um que mostrasse o processo de desconstrução desses homens, e o outro, sobre o momento de reconstrução, tanto de ideias quanto de atitudes. Agora, o objetivo é levar o filme aos festivais e instituições como escolas e ONG’s para que esse aprendizado se multiplique de outras maneiras, com novas narrativas. O cinema é uma importante ferramenta de transformação sociocultural e deve ser difundida entre todas as camadas”, afirma Renan Schuindt.