Foto: Manohar Kumar / Science

Esta é uma das novidades do mundo das ciências, especialmente da física, que são inviabilizadas em meio às descobertas científicas contra a Covid-19.

Um pesquisador da Universidade Aalto, na Finlândia, foi responsável por comprovar a existência de partículas exóticas chamadas de “anyons”, assim como medir diretamente suas propriedades quânticas. São partículas que somente haviam sido exploradas teoricamente há quase uma geração.

“Anyons são interessantes para os cientistas que tentam construir computadores quânticos e outros dispositivos que exploram as propriedades da física quântica”, diz o pesquisador Manohar Kumar à revista Science. “A importância do trabalho no campo da física quântica experimental é tão alta que o trabalho foi selecionado para aparecer na capa da Science”.

Conforme reportagem da BBC sobre as novidades do mundo científico nos últimos meses, os estudos sobre os anyons são um avanço importante para a física e para o desenvolvimento de tecnologias futuras, como a computação quântica. São estudos que prometem “revolucionar computadores usando a mecânica quântica para resolver problemas milhões de vezes mais rápido do que as máquinas atuais”.