Movimento Nacional pela Vacinação visa conscientizar sobre a importância da imunização

Foto: Marcos Moura/Secom Fortaleza

O Ministério da Saúde brasileiro registrou novos dados referentes ao aumento de buscas por vacinas entre janeiro e outubro de 2023. A iminente queda na procura, que já ocorria há 7 anos, entra em processo de recuperação por conta de um aumento considerável de buscas por vacinas, principalmente infantis.

Em nível nacional, a aplicação das vacinas contra hepatite A, febre amarela e a primeira dose de pneumocócica aumentaram em média 6% em comparação ao mesmo período do ano passado. Houve também um aumento superior a 48% no total de municípios que atingiram 95% de cobertura para a vacina DTP e poliomielite, passando de cerca de 1.460 em 2022, para quase 2.200 cidades.

O governo federal tem trabalhado na conscientização relacionada à imunização com o lançamento do Movimento Nacional pela Vacinação, que tem percorrido o país. Entre as estratégias realizadas estão a imunização extramuros, ampliação do horário das salas de imunização e busca ativa de não vacinados.

O movimento governamental também age em conjunto com o planejamento da Rede Nacional de Dados em Saúde, que registra as doses de vacina ao CPF do vacinado.