Copinha está em sua 54ª edição e já teve até participação internacional

Foto: Fabio Menotti/Palmeiras

Por Naiara Ashaia

A Copa São Paulo de Futebol completa, em 2024, 55 anos desde sua primeira edição. Chamada de Taça São Paulo de Juvenis, começou em 1969, restrito ao estado paulista e organizado pela prefeitura da cidade de São Paulo. Em 1971, ampliou-se para a participação de times nacionais. Dez anos depois, passou a ser conhecida como Juniores. 

Entre 1993 e 1997, a Federação Paulista de Futebol (FPF) convidou times de outros países para integrarem a competição, além das seleções Sub-20 do Japão e da China. Os primeiros clubes estrangeiros a participarem foram o Providencia (do México, em 1980), o Vélez Sarsfield (da Argentina, em 1981 e 1982), e o Bayern de Munique (da Alemanha, em 1985). Contudo, todos foram eliminados na fase inicial, levando a organização a abandonar a iniciativa. 

Em 2010, a competição retomou a ideia ao convidar o Al-Hilal, da Arábia Saudita. Já em 2014, o Kashiwa Reysol, por razões de patrocínio, participou do torneio, sendo a primeira equipe estrangeira a avançar para a próxima fase.

Desde sua criação, o torneio foi realizado anualmente, com sua final marcada propositalmente para dia 25 de janeiro, aniversário da cidade paulistana. Na maior parte das edições, esse jogo foi realizado no Estádio Pacaembu, em São Paulo. O campeonato só não foi feito em 1987, quando Jânio Quadros, então prefeito da capital, decidiu não apoiar o torneio. 

Outra particularidade é que a competição é feita apenas entre os times da categoria sub-20 dos clubes. Entre 2010 e 2012, a FPF mudou para a categoria Sub-18. Apesar de não ter ocorrido uma alteração oficial, a FPF passou a chamar o campeonato de “Copa São Paulo de Futebol Sub-18”. Entretanto o apelido “Copinha” vem desde a década de 1970.

Além disso, é o primeiro torneio de futebol masculino do ano, amplamente observado pela imprensa, torcedores, clubes e olheiros, uma grande oportunidade para identificar jovens talentos da modalidade. 

O regulamento é adaptado a cada edição. Geralmente, a idade mínima para participação de atletas é de 15 anos. Atualmente, é permitido que até três jogadores que completem 21 anos no ano da competição participem na Copinha.

O Corinthians é o primeiro e maior campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, com 10 vitórias, seguido de Fluminense e Internacional, com cinco taças cada. 

Revelações da Copinha

A Copinha também tem o histórico de revelar grandes nomes do futebol brasileiro. É o caso de Falcão (1972), Casagrande (1980), Raí (1983), Cafu (1988), Rogério Ceni (1993), Deco (1997), Fred (2003), Lucas Moura (2010) e Endrick (2022). 

O São Paulo Futebol Clube é o time que mais aproveita o campeonato para apresentar e testar os nomes da sua base. Porém, uma das maiores revelações da história foi Endrick. Em 2022, com apenas 15 anos, o atleta fez parte da campanha vitoriosa do Palmeiras, que levantou a taça pela primeira vez na história.

Edição 2024

Acontecendo entre o dia 2 e 25 de janeiro de 2024, a 54ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior permanece com o mesmo formato. Neste ano, os times foram divididos em 32 grupos de quatro clubes cada, que jogaram entre eles em três rodadas. A decisão acontecerá no dia 25, em São Paulo, ainda sem estádio definido devido a reforma do Pacaembu.