É necessário mostrar e deixar visível o nosso jeito de desfrutar, o nosso jeito de construir famílias, o nosso jeito de se relacionar. Nós lésbicas estamos muito invisibilizadas.

No Dia do Orgulho Lésbico, Marta Dillon conta um pouco sobre o que é romper com o pacto da heterossexualidade.

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Colunista NINJA

Um ano depois da explosão social no Chile: o caminho para uma nova constituição política

transpoetas

Afinal de que serve um corpo doente, e uma mente exausta? Dane-se, eu quero mesmo é saber com quais armas eles nos matam

afrolatinas

E Eu Com Isso? Acessibilidade Comunicacional

Boaventura de Sousa Santos

A Europa, os EUA e a China

Fabio Py

Nunca se viu um governo tão abençoado: fundamentos teológicos do bolsonarismo

Luiz Henrique Eloy

O direito originário dos povos indígenas

Cleidiana Ramos

Santa Dulce, Ebomi Cidália e São Francisco de Assis: sabedoria para além da fé

Camarada Gringo

Por que os EUA não são uma democracia?

Colunista NINJA

O futuro das periferias no pós-pandemia

Luiz Henrique Eloy

O futuro das terras indígenas nas mãos do STF

afrolatinas

Slam Conexões Femininas: uma homenagem à Dina Di, a eterna rainha do rap

Márcio Santilli

Defesa nacional e mudanças climáticas

Colunista NINJA

Boneca de jeito nenhum!

Movimento dos Pequenos Agricultores

Pequenos agricultores lançam a Jornada de Lutas: Contra Fome Por Soberania Alimentar

Bancada Feminista do PSOL

Retorno das escolas: uma loteria da morte