.

Guilherme Boulos fez barba, cabelo e bigode no Roda Viva. Durante todo o programa, centrou fogo no que é a questão mais importante para a esquerda: o abismo da desigualdade social. Defendeu uma reforma da previdência “por cima”: cobrança das dívidas das grandes empresas, combate aos privilégios… além disso, atacou uma questão que é muito importante pra mim e foi uma prioridade da minha atuação no Senado: a reforma tributária para garantir que os milionários paguem impostos no Brasil.

Apresentei a PEC 116/2011 para corrigir uma aberração citada por ele: hoje, jatinhos, iates, helicópteros e lanchas são ISENTOS de impostos. É um descalabro: um trabalhador que compra, com muito sacrifício, um carro popular usado, terá que pagar IPVA. Já o empresário que tem um jatinho não paga coisa alguma!

Boulos enfatizou também outra questão que eu tratei no Senado: a tributação de lucros e dividendos, que é o tema do PLS 588/2015. O exemplo utilizado por ele é excelente para ilustrar a questão: a alíquota mínima do Imposto de Renda é de 7,5% (quem ganha três salários mínimos, por exemplo, está nesta faixa). Joesley Batista, da JBS, recebeu, em um único ano, cem milhões de reais em lucros e dividendos, e pagou apenas 0,5% de imposto! Tributar lucros e dividendos pode gerar uma arrecadação superior à 100 bilhões de reais ao ano, o que fortalece a capacidade de investimento do Estado para gerar oportunidades e combater as desigualdades!

Por fim, Boulos defendeu a PEC 51 ao abordar o tema da segurança pública. A PEC 51/2013, que também apresentei, é um projeto global de reforma, mudando a arquitetura institucional da segurança pública, garantindo a carreira única nas polícias e o ciclo completo do trabalho policial: a ação preventiva, ostensiva e investigativa, além de estabelecer a desmilitarização (o fim do vínculo orgânico com o Exército e do espelhamento organizacional).

A entrevista, repito, foi um show. E foi muito positivo ver que a esquerda tem muita unidade não só na denúncia do golpe, mas também no diagnóstico dos problemas mais dramáticos vividos pelo povo brasileiro. Parabéns, Boulos!

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Pedro Borges

Jornalista também pode ser alienado

Colunista NINJA

A manifestação estética e cultural dos paredões de Salvador e seu desafio à cidade

Erika Hilton

Estátuas, símbolos e heróis da nossa história

Colunista NINJA

Santidade no tempo de Covid-19

Fatine Oliveira

De que mulher estamos falando?

Andréia de Jesus

O paradoxo da onda antirracista

Fabio Py

Cristofascismo: teologia política de Bolsonaro na Páscoa de 2020

Márcio Santilli

Disputas nas eleições municipais estão em aberto

Eduardo Sá

Maria Emília Pacheco: “A agroecologia tem uma proposta extremamente atual, urgente e necessária”

André Barros

Arroz, feijão, maconha e educação

afrolatinas

Cada cicatriz sua, eu beijei

Bancada Feminista do PSOL

Damares Alves: uma liderança do poderoso lobby que teve 868 milhões de perdão de dívidas com a previdência

Colunista NINJA

“Sementes: mulheres pretas no poder”, um filme sobre as sobreviventes da política do ou/ou

Movimento dos Pequenos Agricultores

R$ 600,00 já são R$ 480,00

Juan Manuel P. Domínguez

A fúria e a cobiça da elite pentecostal