As instituições da república estão se esfacelando aos olhos de todo o povo, abrindo os perigosos caminhos da anti-política e de saídas anti-democráticas. Isso nos deve fazer pensar.

Estamos numa encruzilhada e Guilherme Boulos faz o exercício de pensar três pontos que podem ajudar a traçar caminhos para a esquerda. Ter unidade na resistência, fazer uma reforma tributária progressiva, trabalhar pela democratização da mídia, reconstruir os vínculos com o povo e repensar os caminhos da esquerda são alguns dos pontos abordados por Boulos na sua nova coluna. Assista agora!

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Andressa Pellanda

Da receita estragada de Bolsonaro ao banquete saboroso da educação libertadora

Observatório das Eleições 2022

Por que o problema da desinformação persiste, quatro anos depois da eleição de Bolsonaro

Observatório das Eleições 2022

A fragilidade do nosso apoio à democracia

Márcio Santilli

Bolsonaro poderá renunciar

Fabio Py

O céu se comoveu no domingo

Márcio Santilli

As presidenciáveis

Juan Espinoza

Defesa dos direitos das mulheres na comunidade pan-amazônica

Observatório das Eleições 2022

Votamos sozinhos, mas fazemos política em grupo: ação coletiva e eleições

FODA

Mulheres negras: potência política em defesa da vida

Márcio Santilli

Bolsonaro confessa ao mundo sua intenção golpista

Observatório das Eleições 2022

A eleição presidencial de 2022 vista pela clivagem regional: continuidade ou mudança?

Rede Justiça Criminal

Você sente segurança com mais prisões e polícia?

Campanha em Defesa do Cerrado

Júri do Tribunal Permanente dos Povos condena estados e empresas por genocídio de povos do Cerrado

Márcio Santilli

Bancada Indígena

Juan Manuel P. Domínguez

Bolsonarismo e satanismo, uma relação estreita