Foto: Arquivo / Driade Aguiar

Honrando a geração buzzfeed, aí vai um teste.
Responda as perguntas e descubra a resposta no final:

Como você planejaria um date com uma pessoa gorda?

Se ela ficar ansiosa no começo, você vai reparar que é porque nenhum dos assentos do barzinho cabem ela?

Se pedir comida e ela não aceitar, ao invés de achar que ela tá louca pra ir pra cama você, te ocorre que ela não quer ser vista comendo em público?

Na hora de pagar, vai notar que ela tá nervosa porque ela tá com dinheiro contado já que empresa nenhuma contrata essa gorda preta?

Na ida pro motel/casa, quando ela travar na roleta, você vai ajudar ou fingir que não a conhece?

Se for de uber, você iria notar a cara do taxista surpreso?

Na cama, tu vai esperar que ela se “comporte como uma gorda” – seja te dominando ou ficando parada na cama sem fazer nada?

Em tempos de COVID, esse webnamoro iria pros seus stories?

Se engatar pra um namoro, como você sente ao ver seus amigos te vendo com uma gorda?

Quanto tempo vai levar pra você apresentar a gorda pros seus pais?

Quantas piadas você vai ouvir antes de falar alguma coisa?

Quantas vezes você vai amenizar dizendo que “não é gordura, é excesso de gostosura”, pra VOCÊ se sentir menos mal por namorar uma gorda?

Vai ter post na timeline para celebrar o dia dos namorados?

Quando uma “amiga” dela dar em cima de você porque você merece algo melhor, vai fazer o que?

Se o pai dela agradecer a você porque você tá encarando a gorda, qual será sua reação?

Quantas vezes você vai tentar regular o prato dela porque “ô amor, não precisa comer tudo isso”?

Quantas vezes você vai tentar enganá-la para que ela faça exercícios contra a vontade própria?

Quando ela voltar chorando porque o oftalmo falou pra ela que perder peso ajudaria na miopia, tu vai fazer o quê?

Quando vocês saírem, você vai andar na velocidade dela, ou mais rápido pra ela te acompanhar e provar que pode andar “normal”?

No restaurante quando alguém vier até ela perguntar sobre o cardápio porque ela tem cara de cozinheira, cê vai assumir a responsa?

Se ela se recusar a ir naquela festa importante pra você porque não tem roupa, você vai achar que ela é fútil?

Se ela não te contar que foi num lugar simplesmente porque ela não queria ninguém olhando pra ela e apontando para vocês dois isso te incomodaria?

Se você reparar que ela faz mais serviços domésticos que o resto da família como forma de punição, você vai falar alguma coisa?

Se você acordar e ouvir um barulho de vômito no meio da noite, você volta a dormir?

Se ela engravidar você vai acompanhar ela no haras para fazer exames porque no hospital não tem máquina que a caiba?

Vai responder como quando vir os comentários na foto dela dizendo que ninguém vai NOTAR que ela tá grávida já que a barriga dela já é enorme?

Se as coisas desandarem e ela terminar com você, cê vai aceitar uma gorda terminando com você?

E se você terminar, vai lançar o – ainda bem que me livrei da gorda?

Antes da pergunta final, lembro: ficar, namorar, casar, ser amigo, pai, colega de trabalho de uma pessoa gorda não se resume em “pra mim tudo bem ela ser gorda”.

E então, pra fechar:
Uma mulher gorda ficaria com você?

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Camarada Gringo

O que o Brasil pode esperar de Joe Biden como presidente?

Colunista NINJA

Um ano depois da explosão social no Chile: o caminho para uma nova constituição política

transpoetas

Afinal de que serve um corpo doente, e uma mente exausta? Dane-se, eu quero mesmo é saber com quais armas eles nos matam

afrolatinas

E Eu Com Isso? Acessibilidade Comunicacional

Boaventura de Sousa Santos

A Europa, os EUA e a China

William Filho

Por que a esquerda não abraça a pauta da maconha?

vereadoresquequeremos

#Conheça: Verônica Lima – Sempre na luta por uma sociedade mais justa – Niterói (RJ)

vereadoresquequeremos

#Conheça: Walkiria Nictheroy – Por uma cidade que sorri para Todos – Niterói (RJ)

vereadoresquequeremos

#Conheça: Somos Plural - política com amor, diálogo, afeto e tolerância - Belo Horizonte (MG)

Márcio Santilli

Bolsonaro e as ‘ONGs’

Bancada Feminista do PSOL

Quem é Ricardo Nunes, o vice de Bruno Covas?

História Oral

A velha censura de cara nova

Juca Ferreira

Homenagem aos que lutam em toda a América Latina

afrolatinas

Slam Conexões Femininas: uma homenagem à Dina Di, a eterna rainha do rap

Márcio Santilli

Defesa nacional e mudanças climáticas