Recentemente, Caetano Veloso mudou sua visão sobre o comunismo graças a um jovem pensador nordestino.

Jones Manoel é militante do PCB, professor de história e escritor. Caetano recebeu seus textos de um amigo e, a partir da leitura, passou a rever pontos que historicamente discordava do comunismo.

Na sua nova coluna na Mídia NINJA, Caetano entrevista Jones Manoel em uma conversa profunda sobre revolução e tropicalismo. Assista no youtube.

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Juan Manuel P. Domínguez

“O lugar do artista é na luta”. Diálogos de quarentena com Rael

Renata Souza

Stonewall Inn.: orgulhar-se é transgredir

Cleidiana Ramos

O dia em que meu nariz me definiu como negra - notas sobre o racismo à brasileira

Gabriel RG

Netanyahu e a ânsia dos covardes por complacência

Eduardo Sá

“O Jiu-Jitsu é minha maior ferramenta de educação”, diz o campeão Helvecio Penna

Márcio Santilli

Bolsonaro decide cooptar a base social do Lula para sobreviver ao impeachment

Gabriel RG

A substituição do monopólio da violência pelo monopólio da delinquência

André Barros

Bolsonaro evapora

Roger Cipó

Saber chorar nossos mortos e enfrentar o tempo que nos faz confusos. Por Hamilton Borges, liderança da Reaja ou será [email protected]

Carina Vitral

O patriarcado está em colapso?

Juan Manuel P. Domínguez

O demônio branco esteve infiltrado nos protestos pela morte de George Floyd

Márcio Santilli

Ratos ficam nus e podem detonar Bolsonaro

Daniel Zen

E o cerco vai se fechando

Ana Júlia

A queda de Weintraub

Jandira Feghali

Rio às cegas