Boaventura de Sousa Santos

A claridade e a escuridão

A pergunta mais radical que podemos imaginar pode formular-se assim: por que é que existe o ser em vez do nada?

A Experiência do Tempo

A pandemia da COVID-19 não é uma revolução social, mas afecta de tal maneira as rotinas do presente que produz uma turbulência semelhante às experiências temporais revolucionárias.

O fim do sonho português?

Boaventura de Sousa Santos faz uma análise do resultado das eleições presidenciais em Portugal e as perspetivas para a esquerda no país.

A Europa em 2021

Portugal tem boas condições para ser o timoneiro da UE neste período. Mas será lamentável se não aproveitar esta posição invejável para se libertar da chantagem dos países frugais e para cumprir plenamente a Leis de Bases da Saúde, dando ao SNS a centralidade que ele merece.

Trump não tomará cianeto

Trump não é Hitler, os EUA não são a Alemanha nazi, nenhum exército invasor está caminho da Casa Branca. Apesar de tudo isto, não é possível evitar uma comparação entre Trump nestes últimos dias e os últimos dias de Hitler.

O enigma de Eduardo Lourenço 

Há algo intrigante e inusitado na posição do Portugal oficial para com Eduardo Lourenço: o consenso que se gerou à volta das suas ideias e o reconhecimento virtualmente unânime do seu altíssimo mérito intelectual.

A Europa, os EUA e a China

A única maneira de a Europa preservar os seus valores parece ser a de manter uma relativa autonomia em relação a ambos.

Uma saída para o Brasil

Certamente (os representantes do judiciário) já se deram conta de que serão as próximas vítimas, se a ilegalidade continuar à solta e impune. Não devem deixar-se intimidar por grupelhos extremistas nem pelo gabinete do ódio.