Você sabia que existe um evento onde a Cannabis é legal bem pertinho do Brasil? É a Expocannabis Uruguai que está chegando na sua 8ª edição no nosso país vizinho. E muitos brasileiros já estão se preparando para essa trip verde, já que após uma edição virtual por conta da pandemia, a Expocannabis vai voltar a receber o público presencialmente.

O Uruguai regulamentou o cultivo, o consumo e o comércio da planta em 2013. Desde então, o país se tornou o destino mais próximo para quem quer vivenciar uma experiência de legalização bem de perto. Muitos aproveitam justamente a Expocannabis para isso.

Realizada tradicionalmente em dezembro, na capital do Uruguai que é Montevidéu, a Expocannabis acontece em três dias (Sexta, Sábado, Domingo). A edição de 2021 vai ser nos dias 3, 4 e 5 de dezembro e os ingressos já estão sendo vendidos com diferentes modalidades. O passaporte básico para os três dias sai por aproximadamente R$ 95 reais. 

O que acontece na Expocannabis

Talvez você esteja se perguntando o que afinal acontece na Expocannabis. Nesse evento, diversas marcas do mercado canábico da América do Sul e de fora colocam seus stands para o público, como acontece em uma feira de negócios.

Estão presentes bancos de sementes para quem quer cultivar as melhores strains,  equipamentos para cultivo, marcas de sedas, de acessórios para fazer extrações, laboratórios do ramo medicinal, indústrias de cânhamo e até mesmo stand do governo do Uruguai através do IRCCA, um órgão criado só para tratar da planta.

Além dos stands, acontecem também palestras e bate-papos sobre Cannabis em geral. Na parte externa tem ainda apresentações musicais e, claro, muita fumaça e até mesmo oportunidade de degustar hashs especiais. 

O Growroom, que é o primeiro site sobre maconha do Brasil, marca presença todos os anos na Expocannabis e em 2021 não vai ser diferente. Rola toda uma programação especial para receber os brasileiros que querem conhecer mais sobre a planta.

Turista pode fumar?

Essa é a pergunta mais comum por quem quer conhecer o Uruguai ou a Expocannabis. E a resposta é: SIM! Turistas podem fumar maconha em qualquer lugar ao ar livre, que é onde o consumo é permitido seguindo as mesmas regras do cigarro tradicional, que é vedado em ambientes fechados. 

Porém, turistas não podem comprar a erva legalmente no Uruguai ainda. Somente residentes do país conseguem comprar nas farmácias ou nas associações. O país está debatendo o assunto já que o turismo atrás da erva vem crescendo desde a legalização.

Mas quem está acostumado com a proibição do Brasil vai desenrolar fácil o assunto ao visitar o Uruguai. É só ficar esperto para não cair em golpe. 

Pretende conhecer o Uruguai? Siga essas dicas

Está interessado(a) em ir para a Expocannabis 2021 ou conhecer o Uruguai? É importante ficar atento aos documentos exigidos para ingressar no país, especialmente neste momento de pandemia em que outros protocolos sanitários são exigidos. 

O Growroom possui um guia gratuito do Uruguai para Maconheiros. É um e-book com várias dicas importantes e de turismo para quem vai conhecer o Uruguai com a intenção de apreciar a legalização. 

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Juan Espinoza

Você sabe se Lula já é presidente?

Colunista NINJA

De mais uma COP de ‘blá blá blá’ para um acordo global pela infância

Juan Manuel P. Domínguez

O sinistro do golpismo

Juca Ferreira

Vencer ou vencer!

Observatório das Eleições 2022

Em SP, Lula amplia votação do PT em todas as cidades. Bolsonaro perde votos em 3 a cada 4 municípios

Márcio Santilli

Intervenção extraterrestre

Márcio Santilli

A arca do Lula

Juan Manuel P. Domínguez

Haiti, a revolução da consciência negra

Márcio Santilli

Valdemar manobra para segurar Bolsonaro

Jorgetânia Ferreira

Mataram João do Teatro em Araguari, Minas Gerais

Rede Justiça Criminal

Como o bolsonarismo resiste no Congresso e a mobilização da sociedade civil também

Colunista NINJA

80 anos de Paulinho da Viola e seu feitiço maduro

Observatório das Eleições 2022

Um Ministério dos Povos Originários: algumas reflexões sobre a proposta de Lula

Observatório das Eleições 2022

Eleitores do exterior dão a Lula sete pontos de vantagem sobre Bolsonaro, mas são esquecidos pelos analistas