“Se nós não construirmos políticas por nós, mulheres construindo políticas para as mulheres, negros e negras construindo políticas pela negritude, professores construindo políticas pela  educação, nós nunca vamos ter o nosso espaço, a nossa voz nunca será ouvida.” – Cynthia Valim é mulher, negra, suburbana, professora de geografia da rede pública municipal com quase 15 anos de atuação e está candidata a vereadora no Rio de Janeiro.

Entrou na sala de aula para garantir aos seus alunos a melhor aula que pudessem ter e para que construíssem oportunidades nas suas vidas através da educação. Compreendeu também que há problemas urgentes na sociedade, e que a educação sozinha não vai e nem tem que dar conta de todas as soluções. Diante disso, se inscreveu e foi selecionada a integrar um programa da prefeitura que capacita servidores para a gestão e pode atuar em conjunto com pessoas de outras secretarias, também na área administrativa da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.

“Tem muita política pública que a gente pode fazer e eu sei que eu posso ajudar, tanto porque eu sofro as dores no dia-a-dia, no chão da escola, junto com meus alunos e meus outros colegas, mas também porque eu conheço da gestão, já trabalhei na gestão municipal e também conheço as ferramentas de como fazer, então eu sei que posso ser o vetor dessa mudança junto com cada um e cada uma que mora aqui.”


Impulsionada pela experiência dos pais que sempre deram muito valor ao conhecimento e a oportunidade de estudar, principalmente pelos dois terem começado cedo a trabalhar e tendo concluído seus estudos já adultos, isso influenciou diretamente a vida e a visão da candidata sobre o papel transformador do estudo. Hoje, com uma vasta experiência, pretende pautar a educação como ferramenta de construção do futuro, mas também priorizar pautas para gerar empregos, oportunidades culturais e de lazer, sobretudo para mulheres e jovens de periferias e favelas. Para isso, Cynthia compreende que é necessário uma gestão eficiente e transparente, com a participação direta do cidadão na tomada de decisões.

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Jorgetânia Ferreira

São Paulo merece Erundina

Bancada Feminista do PSOL

Do #EleNão ao Boulos e Erundina sim!

Fabio Py

Dez motivos para não votar no Crivella: às urnas de luvas!

Dríade Aguiar

Se matarem meu pai no mercado

transpoetas

Mês da Consciência Transnegra

Márcio Santilli

Bolsonaro-Frankenstein: cara de pau, coração de pedra e cabeça-de-bagre

Cleidiana Ramos

O furacão de tristezas que chegou neste 20 de novembro insiste em ficar

Tatiana Barros

Como nasce um hub de inovação que empodera pessoas negras

História Oral

Quando tudo for privatizado, o povo será privado de tudo e o Amapá é prova disso

Fabio Py

Derrotar Crivella para destronar o falso messias

Colunista NINJA

LGBTI+ de direita: precisamos de representatividade acrítica?

Juan Manuel P. Domínguez

São Paulo poderia ser uma Stalingrado eleitoral

Colunista NINJA

A histórica eleição de uma bancada negra em Porto Alegre

Bancada Feminista do PSOL

Três motivos para votar na Bancada Feminista do PSOL

Carina Vitral da Bancada Feminista

Trump derrotado nos Estados Unidos, agora é derrotar o bolsonarismo na eleição de domingo no Brasil