Com clipe colorido e sonoridade psicodélica abrasileirada, banda gaúcha segue com estreias

— Felipe Qualquer
[email protected]

A novíssima banda Celeste de Porto Alegre formada por Lucas Hanke (guitarra), Christiano Todt (guitarra), Dyego Gheller (vocal/baixo) e Lucas Giorgetta (bateria), apresentou o segundo single com lyric vídeo assinado por Fábio Alt. ‘Abraço’ chega em tempos de distanciamento físico, em busca da vida pura, querendo respirar. No meio de folhas e frutas em stopmotion, as palavras correm soltas sobre um craft que reforça a leveza e a inteligente simplicidade expressas a partir do som. Você começa logo pensando sobre as farsas que ouve com o sintetizador percorrendo todo o estéreo.

Colorida e animada, ‘Abraço’ tem clima nostálgico, remetendo aos rocks psicodélicos, permeada por sonoridades brasileiras, o que é traduzido no lyric. O vídeo ilustra bem a vibe da canção, seja na goiaba partida ou no homem de algodão, ou ainda na concha, alegoria para o abraço que a gente tanto quer dar. Os delays e chorus da guitarra conferem o efeito espacial nas estrofes enquanto os refrões secos garantem a pegada pop. O Brasil vem nos elementos da bateria baseados em batida brasileira e no repique do cowbell.

“Somos influenciados por ritmos como maracatú, samba e a mistura feira por Novos Baianos. Tudo isso envolto por synth bem anos 80”, revela Todt.

Veja também o single de estreia:


O som electro dos synths oitentistas somado à experiência gaúcha no rock brasileiro nos deixa com aquela sensação boa e a impressão de que já ouvimos tudo isso antes. O psicodelismo colocaria Celeste na abertura da goiana Boogarins, como o clima de ‘sonho pop’ no mesmo lineup dos paulistas da Terno Rei, não fosse o adiamento dos festivais. A promessa é de constante mutação e imersão nas brasilidades da música. Sobre a poesia da composição, o vocalista acrescenta:

Abraço” veio da concepção de uma conversa com pessoas que não se encaixam e se destacam por isso, mas também têm suas fraquezas e por vezes precisam buscar alento em sua própria concha, como hibernar em um abraço em si próprio pra sair mais forte pra vencer os desafios”.

O lançamento sai da Sala Elvis do casarão do selo Marquise 51, a capa do single é criação da designer Vitória Proença.

Celeste lança segundo single-clipe "Abraço" | Rock Gaúcho.com
Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Colunista NINJA

Lutar com firmeza e responsabilidade

Boaventura de Sousa Santos

A difícil construção do contemporâneo e do complementar

Gabriel RG

A cruzada do fundamentalismo capitalista contra a ciência

Ana Claudino

Seu silêncio não vai proteger você

Amara Moira

Manifestações em tempos de pandemia

Carina Vitral

Combater o fascismo é uma emergência

SOM.VC

CALL CENTER - Encontros Webnaries Performance and Música

Randolfe Rodrigues

Liberdade de imprensa é valor inalienável da sociedade civil

Dríade Aguiar

O que deveríamos estar fazendo no "Blackout Tuesday"

Fred Maia

Quando a montanha pariu um monstro

transpoetas

Demétrio Campos, presente!

André Barros

Viva Marielle! Fora Bolsonaro!

Movimento dos Pequenos Agricultores

Se não plantar agora, a fome virá em seguida

Tulio Ribeiro

Vingança! Viva o Rei Messias!

Luiz Henrique Eloy

Terras indígenas na pauta do Supremo: Teoria do indigenato versus marco temporal