Em jogo surpreendente, Japão vira pra cima da Alemanha e revive fiasco germânico de 2018

Foto: Reprodução / Fifa World Cup

Por Fernando Cavalheiro

Nipônicos e tetracampeões fizeram suas estreias na Copa do Mundo do Qatar nesta quarta-feira (23), às 10h (Brasília), no Khalifa International Stadium. Foi o primeiro jogo entre as seleções na história dos mundiais.

Eliminada na fase de grupos na última Copa, a Alemanha começou o primeiro tempo tomando a iniciativa e o controle do jogo, com os japoneses apostando em rápidos contra ataques. Foi assim que os Samurais Azuis até conseguiram balançar as redes logo aos 7min, mas impedido.

O meio campo do Japão ensaiou marcar forte, em bloco, para dificultar a construção das jogadas adversárias pelo centro. Mas não durou muito. Os europeus logo imprimiram forte pressão na entrada da área japonesa com trocas de passes envolventes, levando perigo aos Azuis durante praticamente todo o primeiro tempo. Até então destaque em boas defesas, o goleiro Shuichi Gonda se atabalhoou na saída do gol e cometeu pênalti em Raum. Gundogan converteu e abriu o placar em Doha, aos 33min.

Na etapa final a tônica foi completamente diferente. O selecionado do Sol Nascente, após 3 mudanças, saiu mais para o jogo com transições rápidas, oferecendo muito perigo, e assim, após boa jogada de Minamino e rebote de Neuer no chute de Asano, Doan aproveitou para empatar a partida.

E a virada saiu dos pés de Asano. O japonês que entrou para incendiar a partida, recebeu de Itakura em velocidade pela direita, invadiu a área e fuzilou a meta alemã aos 83min. 2 a 1. Nos minutos finais, o time nipônico segurou com maestria o desespero alemão. Resultado histórico para os asiáticos.

Na sequência, os asiáticos enfrentam a Costa Rica, no próximo domingo (27/11), às 7h. No mesmo dia, germânicos duelam diante da Espanha, às 16h. Ambos no horário de Brasília.

Confira abaixo cobertura completa:

Texto produzido em cobertura colaborativa da NINJA Esporte Clube