Emily Lima, única mulher a ter sido treinadora da seleção feminina de futebol, publica vídeos denunciando como as jogadoras estão sendo tratadas durante o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino.

Agora a frente do Santos, os vídeos de Emily Lima mostram jogadoras dormindo no saguão do hotel e comenta sobre mulheres em outros times. Este não é o tratamento que atletas brasileiras merecem e a famosa pergunta vem a tona: se fossem homens, isso teria acontecido?