Nessa segunda-feira, dia 4 de outubro, o Facebook, Instagram e Whatsapp saíram do ar por volta das 13h, horário de Brasília.

A pane durou mais de 5 horas e em poucos minutos a hashtag #facebookdown estava entre as principais nos trending topics no Twitter e gerou diversos memes.

Foto: Reprodução/Twitter

Facebook explica motivo da queda

Na madrugada dessa segunda-feira, em uma postagem no seu blog, a empresa se pronunciou.

“Queremos deixar claro neste momento que acreditamos que a causa raiz dessa interrupção foi uma alteração de configuração com defeito. Também não temos evidências de que os dados do usuário tenham sido comprometidos como resultado desse tempo de inatividade”, relatou a empresa

“A causa dessa interrupção também afetou muitas ferramentas e sistemas que utilizamos em nossas operações diárias, complicando nossas tentativas de diagnosticar e resolver o problema rapidamente”, informou a rede, que diz estar trabalhando para entender melhor o que aconteceu.

Possivelmente, uma atualização de rota do BGP  deu errado e, com isso, apagou as informações de roteamento DNS de que o Facebook necessita para permitir que outras redes encontrem seus site.

De acordo com o vice-presidente da Cloudflare, Dane Knecht, todas as rotas do BGP que direcionavam para o Facebook haviam sido retiradas “A explicação mais plausível é de que as rotas de internet da empresa (BGP) tenham sido revogadas por um erro durante uma manutenção”, Matthew Price, co-fundador e CEO da CloudFlare

DNS e BPG

O BGP (Border Gateway Protocol)  é um protocolo de roteamento dinâmico utilizado para comunicação entre sistemas autónomos (ASs) e tem como função principal a troca de informações de roteamento, é responsável por distribuir rotas na internet fazendo com que um tráfego IP aconteça de forma mais eficiente possível de um ponto a outro, assim como um GPS ele  mostra ao seu computador o caminho mais rápido para chegar ao destino, como por exemplo, o site do Facebook.

Na tarde da segunda-feira, a Thousand Eyes, empresa especializada em tráfego de internet da Cisco, havia relatado no Twitter que as rotas de BGP do Facebook foram  revogadas, o que explica a indisponibilidade do Instagram, por exemplo, que, segundo o site Ars Technica, tem seus endereços DNS hospedados pela Amazon, e não pelo próprio Facebook.

Algumas pessoas que utilizam outros aplicativos e serviços com o login do Facebook como Tik Tok, Spotify, ou para se conectar a Smart Tvs, encontraram dificuldade para acessar essas plataformas.

Além disso, segundo o DownDetector, monitor que avalia a estabilidade de plataformas digitais, pelo menos outras quatro redes sociais, como: Telegram, Snapchat, TikTok e Twitter — apresentaram dificuldade de acesso aos serviços nesta segunda.

Isso ocorreu provavelmente devido a migração  que gerou pico de acessos.

Nas redes sociais, algumas pessoas ainda relatam a instabilidade no LinkedIn e no Google Drive, além da plataforma Microsoft Teams. No Brasil, usuários encontraram ainda dificuldade para acessar o aplicativo da Nubank.

O Telegram, aproveitou toda a situação para brincar com o concorrente Whatsapp em seu perfil oficial no Twitter.

O Twitter passou a ser o meio de comunicação inclusive das redes concorrentes, postando: ”Oi literalmente todo mundo”.

Sistema interno também foi prejudicado

Segundo a jornalista Sheera Frenkel da New York Times, especializada em tecnologia, a pane se estendeu também no sistema interno, o Facebook Workplace, impossibilitando a leitura dos crachás dos funcionários das redes.

“Acabei de falar ao telefone com alguém que trabalha para o FB que descreveu que funcionários não conseguiram entrar nos prédios esta manhã, para começar a avaliar a extensão da interrupção, pois seus crachás não funcionavam para acessar as portas”, relatou a jornalista em seu Twitter.

Como Facebook não havia divulgado mais detalhes, alguns boatos surgiram, um deles é que a empresa teria perdido o domínio e que o endereço facebook.com estaria disponível para compra, mas isso não é um fato, pois o domínio pertence ao facebook até 2030.

Após mais de 6 horas fora do ar,  WhatsApp, Instagram e Facebook começaram a retomar o funcionamento

Por volta das 17h, o Facebook disse que problemas com a rede causavam a falha de acesso, a notícia foi postada no Twitter pelo diretor de tecnologia da empresa Mike Schroefer.

“Os serviços do Facebook voltando a funcionar agora – pode levar algum tempo para funcionar 100%. Para cada pequeno e grande negócio, família e pessoa que depende de nós, sinto muito.” diz o  diretor de tecnologia da empresa

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Márcio Santilli

Guerras e polarização política bloqueiam avanços na conferência do clima

Colunista NINJA

Vitória de Milei: é preciso compor uma nova canção

Márcio Santilli

Ponto de não retorno

Márcio Santilli

‘Caminho do meio’ para a demarcação de Terras Indígenas

Jade Beatriz

A luta pela revogação do novo ensino médio: Um compromisso com a educação de qualidade no Brasil

Bancada Feminista do PSOL

Mulheres Negras e a privatização da SABESP

Renata Souza

Dia da Favela: comemorar a resistência

Colunista NINJA

Carta aberta ao povo argentino

Márcio Santilli

Espiral do terror

Jade Beatriz

Fortalecer o Ensino Médio e Combater a Evasão

Ricardo Targino

O elefante do clima nos cristais de Dubai

Eduardo Sá

Douglas Lemos: sambista da nova geração carioca lança mais um álbum

Renata Souza

24 de Novembro: Dia dos Sacerdotes e Sacerdotisas de Matriz Africana

André Menezes

“A COP 28 precisa ouvir quem mora nas favelas”, diz Mateus Fernandes, ativista climático

Mônica Francisco

O futuro mais digno só se fará com as favelas