.

Por Jonas Maria e Leandrinha Du Art

É tempo de se orgulhar de cada pequeno passo rumo a grandes conquistas, olhar pra dentro de si e buscar em meio feridas de guerra motivos pra continuar incansávelmente tentando.
Já chegamos longe, muitos antes de nós possibilitaram que hoje estivéssemos aqui, mais fortes do que nunca.

Agora, é tempo de abrir caminhos com unhas e dentes para as futuras gerações, que terão a obrigação de atualizar nossos discursos e narrativas. A exaustão bate a porta no decorrer da trajetória e somente entre nós é que nos fortalecemos.

Eu quero que minha comunidade sinta orgulho de poder viver dignamente e não só sobrevivam, mas vivam com todos seus direitos garantidos, moradia, emprego, visibilidade e segurança. Quero que a gente celebre a diversidade e o respeito à diferença, não a sobrevivência de mais um ano.

Impulsione pessoas LGBTQIAP+. Ouça o que temos a dizer. Celebre nossa comunidade e esteja ao nosso lado, para que possamos avançar e construir juntos rumo a um futuro plural, inclusivo e livre de discriminação.

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Observatório das Eleições 2022

Eleições 2022: candidatura feminina é igual em qualquer lugar?

Estudantes NINJA

Paulo Freire e o encontro com bell hooks: Um diálogo transformador de celebração do amor e da liberdade crítica

Tatiana Barros

Artistas digitais criam NFTs criticando atos antidemocráticos

Márcio Santilli

Amazônia sem lei

Márcio Santilli

Ato bolsonarista no 7 de setembro é comício

Andressa Pellanda

Manual para votar em candidaturas que defendem (de verdade) a educação

Observatório das Eleições 2022

Titular e pacificar em nome do desenvolvimento: Bolsonaro e conflitos no campo

Observatório das Eleições 2022

Por que o Auxílio Brasil turbinado não ajudou Bolsonaro entre os mais pobres?

Renata Frade

Lançamentos em Tecnologia por incríveis autoras brasileiras

Márcio Santilli

Estertores do bolsonarismo

Observatório das Eleições 2022

Gamers: um público em disputa pelas principais campanhas à Presidência em 2022

Bancada Feminista do PSOL

As 5 principais ideias da Bancada Feminista

Juca Ferreira

As cores do Brasil

Renata Souza

O crescimento do PSOL é negro, feminista e popular

Observatório das Eleições 2022

Bolsonaro: o presidente-candidato ou o candidato-presidente?