Randolfe Rodrigues

Tributação pra quem?

Os recentes números divulgados sobre a atividade econômica e emprego no Brasil mostram de forma inequívoca a profunda recessão pela qual o País passa, boa parte dela agravada pela pandemia do novo coronavírus e o descontrole com que atravessou o território nacional.

O Brasil que queremos no pós-pandemia

Não seria de todo absurdo afirmar que a sociedade brasileira foi construída à parte da nação brasileira quando pensamos na exclusão de enormes contingentes populacionais da plenitude da vida cidadã, isto é, na garantia de direitos e deveres preconizados na Constituição Federal ao povo brasileiro.

Segurança para os trabalhadores autônomos!

A crueldade das reformas trabalhista e previdenciária jogou as pessoas na informalidade. A crise do coronavírus vem mostrar a fragilidade e todos os erros dessas medidas. O Estado Brasileiro criou essa condição, penalizou as pessoas, e agora precisa assumir a responsabilidade por isso.

O buraco econômico de Bolsonaro. Quem investiria num país sem Democracia?

A crise econômica que assola o Brasil é uma das mais prolongadas da nossa história e parece estar longe do seu fim. Indicadores econômicos seguem estagnados com desemprego e informalidade recordes. Para completar, a renda média do trabalhador continua caindo, dificultando ainda mais a recuperação da economia.

A demagogia governamental contra o Bolsa Família

A tentativa de tornar permanente o pagamento de 13º aos integrantes dos programas Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada encontra cada vez mais dificuldades no Congresso Nacional. Na semana da volta dos trabalhos legislativos, duas sessões marcadas para discutir o tema foram canceladas por falta de quórum.

Guerra contra os pobres: a marca de Bolsonaro, em 2019

Como tem dito o Papa Francisco, vivemos um sistema estruturalmente perverso. E dados não faltam para comprovar a máxima papal. Nós seguiremos fazendo oposição democrática ao governo Bolsonaro, ainda que ele faça dessa palavra mero adereço ou cacoete discursivo.

Guedes e Bolsonaro paralisaram o Brasil

A incapacidade do governo Bolsonaro de reaquecer a economia ganhou novos capítulos nesta semana após as irresponsáveis declarações do ministro Paulo Guedes ameaçando a normalidade democrática com a reedição do AI-5.