Foto: Takumã kuikuro / CKC — Coletivo Kuikuro de Cinema

Estou em Oslo, capital da Noruega, num encontro interreligioso pela conservação das florestas tropicais.

Uma gota no oceano, levando em conta a nova posição dos EUA, e os interesses econômicos em jogo, mas, um esforço que não se pode deixar de fazer.

Tem sido nos dito que o presidente Temer vem à parte do encontro.

O constrangimento é total. Um escândalo, tendo em vista o que esse governo, em sua ilegitimidade, e tem feito contra a preservação ambiental!

Sem contar o que tem feito em relação aos povos e as terras indígenas.

O nível de desfaçatez desse desgoverno chega ao máximo da desonra internacional.

O Brasil precisa voltar ao povo brasileiro. Precisamos retomar a democracia.

É urgente!

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Laio Rocha

3 gramas de maconha, encarceramento e o processo que pode despenalizar o usuário de droga no Brasil
Ver agora

Renata Mielli

Será o início da decadência do império da Globo?
Ver agora

Pastor Ariovaldo

Pastor Ariovaldo: Pobre elite branca
Ver agora

João Brant

Virada política, Ocupa Política, Vamos e o abismo intergaláctico
Ver agora

Dríade Aguiar

Um amor entre mulheres pretas
Ver agora

Leandrinha Du Art

Leandrinha Du Art: Dói muito ver 'O TRAVECO ALEIJADO' tornando-se referência?
Ver agora

Margarida Salomão

Brazil on sale: a desgraçada conta do golpe
Ver agora

Amara Moira

A queda de braço entre o ENEM e a Escola Sem Partido
Ver agora

Manoela Miklos

Quem tem a força de saber que existe
Ver agora

Daniel Zen

A importância da participação do governo do Acre na COP-23
Ver agora

Daniel Zen

A laicidade do estado e o ensino religioso confessional no Brasil
Ver agora

Movimento dos Pequenos Agricultores

Indústria Alimentar e o Triângulo de Quatro Pontas
Ver agora

Margarida Salomão

Sejamos fortes para o próximo round contra Temer inspirados na razão de nossa luta: recuperar a democracia
Ver agora

Leonardo Péricles

A luta política atual e a necessidade de construir uma alternativa de esquerda
Ver agora