.

Estive no lançamento da biografia no cardeal-arcebispo de São Paulo Dom Paulo Evaristo Arns, falecido a um ano, foi um privilégio ter tomado lugar na mesa que discursou sobre a contribuição de Dom Paulo na luta pelos direitos humanos no Brasil.

Dom Paulo Evaristo Arns foi cardeal-arcebispo de São Paulo durante o período da ditadura militar e foi um dos maiores defensores dos direitos humanos, um dos maiores opositores da ditadura, e umas das maiores expressões nacionais de repúdio a tudo o que estava acontecendo no país, e que, agora, com uma nova roupagem, volta a acontecer no Brasil.

Rever a pessoa de Dom Paulo, por meio de sua biografia, é essencial, porque hoje precisamos da inspiração que ele significa para enfrentarmos a nova versão da mesma ditadura.

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Isa Penna

Their time's up – O Tempo Deles Acabou
Ver agora

Dríade Aguiar

Quando Oprah faz um discurso pra você
Ver agora

Isa Penna

Isa Penna: 2018 sem medo de começar uma nova história
Ver agora

Preta Rara

Preta Rara: Diário da PesaDona
Ver agora

Pastor Ariovaldo

Pastor Ariovaldo: Dom Paulo na luta pelos direitos humanos no Brasil
Ver agora

Ivana Bentes

Quem não precisa do feminismo?
Ver agora

Jandira Feghali

Jandira Feghali: Julgamento de Lula precisa ser suspenso
Ver agora

Manoela Miklos

Todo homem precisa de uma mãe
Ver agora

Margarida Salomão

O golpe do satélite e a conta do cidadão
Ver agora

Pastor Ariovaldo

Pastor Ariovaldo: Feliz Natal
Ver agora

Vinícius Lima

Quem vive na rua com alguém vive melhor
Ver agora

Maria do Rosário

Greve de fome contra os que devoram a previdência num banquete
Ver agora

Margarida Salomão

Em desagravo à Universidade pública brasileira
Ver agora

Sâmia Bomfim

Sâmia Bomfim: Hospital Universitário da USP sob ameaça
Ver agora

Ivana Bentes

O Feminino Viril!
Ver agora