Série Crentes e Pregadores, de Bárbara Wagner

O prefeito da cidade dos bandeirantes, cuja política educacional permite que crianças sejam marcadas para não repetir a merenda escolar, merenda, cujo volume, outrora suficiente para uma semana, agora, é o diponibilizado para o mês todo, viaja às custas de sua pífia administração, saudado por ovos, como seu congênere, numa indisfarçável campanha para presidente de republiqueta.

Mas, por outro lado, contra todos os detratores e agentes da repressão à vontade popular e à democracia, inclusive togados, o ex-presidente da República Federativa do Brasil, Luis Inácio Lula da Silva, é ovacionado em sua caravana pelo nordeste, deixando claro que sua candidatura, além de ser anti-ditadura, como foi a de Ulisses Guimarães, é exigência da democracia golpeada.

Graças ao fatídico, ofensivo e abusivo “mandato coletivo” supostos agentes da segurança pública são acusados de adentrar casas de trabalhadores, na cidade maravilhosa, e, simplesmente, consumir iogurtes e que tais, certamente, com sacrifício, adquiridos por pais ciosos em satisfazer o legítimo desejo de suas crianças.

Apesar disso, vídeo amador flagra mulheres pretas, em uma das comunidades cariocas aviltadas, resistindo ao desrespeito dessas forças, tidas como de segurança pública, ao som de hineto evangélico que ressalta o valor que Cristo reconhece e confere ao ser humano, levando alguém a sugerir que a revolução será feminina, preta e pentecostal.

A brava gente brasileira começa a reagir!

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Juan Manuel P. Domínguez

“Não é apenas a religião que nos manipula”. Entrevista com a filósofa Viviane Mosé.

Daniel Zen

12 perguntas - sobre verdades inconvenientes - ao ministro e ex-juiz federal Sérgio Moro

Gabriel RG

Mitocracia: o cinismo como método de controle

Daniel Zen

Jair Bolsonaro e Gladson Cameli: o tiozão do churrasco e seu sobrinho dileto

Felipe Milanez

Assassinato de indigenista da Funai na Amazônia precisa de investigação federal

Daniel Zen

O que há em comum entre a Lava-jato e as milícias digitais de Bolsonaro

Eduardo Sá

Gabrielzinho do Irajá: talento da nova geração do samba no partido alto

Daniel Zen

Os 340 [que não são] de Esparta

NINJA

Projeto de lei torna o licenciamento ambiental exceção em vez de regra

Eduardo Sá

Toninho Geraes: “Sou a favor do grito de liberdade contra essa tirania que assola o país”

Estudantes NINJA

Um (quase) final de ano de tantos retrocessos

Eduardo Sá

“Não colem em mim esse discurso da meritocracia”, diz Conceição Evaristo

Preta Rara

A senzala moderna é o quartinho da empregada

NINJA

A criminalização do aborto e o feminicídio de Estado

Eduardo Sá

“O samba é a coisa mais importante na cultura brasileira”, ressalta Zé Luiz do Império