#Caixa17 | Arte: Ribs

Parte da imprensa está preferindo, sabe-se-lá a troco do quê, omitir o escândalo denunciado por Folha de São Paulo em sua edição de hoje. O jornal obteve acesso a materiais claríssimos sobre a atuação de grandes empresários para financiar de forma ilegal a estratégia de campanha da equipe de Jair Bolsonaro.

Folha teve acesso a dados que apontam para quem pagou, quem recebeu e de que forma foram entregues os chamados pacotes de mensagens distribuídas por whatsapp e perfis falsos no Facebook, boa parte delas notícias falsas.

Estima-se que os pacotes teriam custado até 12 milhões de reais cada, valor muito superior ao montante até agora declarado pela campanha de Bolsonaro, o que configura #Caixa2doBolsonaro

O assunto, claro, não é surpresa para ninguém. Nos últimos dias as redes foram inundadas de materiais absurdos. Desde boatos que associavam Haddad à pedofilia até falsas mensagens e declarações de sua vice, Manuela D’Avida. A novidade consiste na demonstração de provas cabais.

Eu, mesmo, como muitos sabem, fui um dos alvos preferidos desta quadrilha. Aproveitando-se da pré-disposição das pessoas em acreditar em calunias sobre LGBT’s orgulhosos das suas identidades, a campanha de Bolsonaro tentou me associar a um filme apócrifo sobre a Bíblia, à suposta tentativa de autorizar crianças a trocar o próprio sexo e também à pedofilia, entre outras manchetes criminosas.

Por este motivo tomei a iniciativa de protocolar junto a Procuradoria-Geral Eleitoral um pedido de instigação da matéria de Folha de São Paulo e dos seus argumentos. Se tudo for comprovado, e parece muito difícil que não o seja, a obrigação da justiça é punir todos os responsáveis e reparar os danos causados pela organização criminosa.

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Dríade Aguiar

Pretas, Gordas, na Praia!

Fatine Oliveira

Acessibilidade nos afetos

Luiz Henrique Eloy

Povos indígenas e acesso a justiça na pauta do Supremo

Caetano Veloso

Caetano Veloso entrevista Baco Exu do Blues

Juca Ferreira

Juca Ferreira: É difícil ficar calado diante deste horror

Ivana Bentes

A Classe Média no poder

Juca Ferreira

Levanta, Brasil!

Daniel Zen

A falácia do projeto de “lei anti crimes” de Sérgio Moro

André Barros

André Barros: Brumadinho não foi tragédia

Daniel Zen

Daniel Zen: Milícias e Facções

NINJA

“O samba está muito bem representado”, afirma Rubem Confete

Daniel Zen

Daniel Zen: O que esperar do Governo Bolsonaro?

Gabinetona

Tem um rio no meio do caminho

Ricardo Targino

Começou a Recolonização do Cinema Brasileiro!

NINJA

Opinião: Cai de vez a máscara de Moro