Se a polícia parasse de ficar atrás das drogas e ficasse atrás da violência, certamente nossa situação de segurança seria melhor do que é hoje.

Para tratar do caos da segurança pública do estado do Rio de Janeiro, Jandira Feghali convidou Inácio Cano, especialista em segurança pública, professor do laboratório de análise da violência da Universidade Estadual do Rio de Janeiro. No bate papo falam sobre a incidência do exército no esquema de segurança pública, as táticas de confronto e de contenção da violência, do comércio de armas, da criminalização das drogas, entre outros assuntos. Assista agora!

Conheça outros colunistas e suas opiniões!

Monique Prada

Monique Prada: Pode a puta de luxo falar?

Renata Mielli

Fake News: A apologia da verdade como instrumento de censura

Ivana Bentes

Museu Nacional: Não é acidente, é barbárie!

Lindbergh Farias

Lindbergh Farias: Globo não me representa

Israel do Vale

Israel Do Vale: O que será da Folha nas mãos do irmão que sempre cuidou da área comercial?

Laio Rocha

Como frear o encarceramento em massa no Brasil e nos EUA?

Pastor Ariovaldo

Pastor Ariovaldo: Trabalho como estímulo para o progresso da comunidade

Ericka Gavinho

Ericka Gavinho: Em que sociedade nos transformamos?

Renata Mielli

Caso Bolsonaro: vamos conversar sobre fascismo e ódio?

Gabinetona

Plano diretor e a luta pela gestão democrática das cidades

Tulio Ribeiro

Mattis e o roubo do século

Tulio Ribeiro

A dolarização e o neocolonialismo

André Barros

Paes é Cabral. Cabral é Paes

André Barros

Criminalização racista da maconha

Jean Wyllys

Jean Wyllys: 6 perguntas para Jair Bolsonaro