Vitor Cadillac

Quem tem Cunha, tem medo

Durante a última semana, enquanto cumpríamos um ano de golpe, Michel Temer disse que “não sabia de nada”, referindo-se ao processo do golpe. Aproveitou o ensejo e jogou a batata quente no colo do maior abandonado, Eduardo Cunha, dizendo que este, supostamente por mera vingança, teria aceitado o pedido de impeachment da Presidenta eleita. Acontece […]

O igualitarismo radical e a esquerda

A única maneira de barrar o pensamento reacionário é reorganizar a política e estruturar o campo social a partir da diversidade e da universalidade, sem qualquer exigência identitária.