Monique Prada

Direitos humanos para humanas direitas - nada de novo no front

Recentemente, caí num texto cujo título dizia que se você apoia o trabalho sexual, você não é apenas antifeminista: você é anti direitos humanos. Eu me pergunto a que humanos se referem os direitos citados no texto. Certamente não a todos os humanos.

Monique Prada: Pode a puta de luxo falar?

Uma das principais estratégias usadas para deslegitimar as falas das pessoas envolvidas em trabalho sexual e luta por direitos tem sido justamente a de classificar essas pessoas como prostitutas de luxo.

Até quando vão calar prostitutas?

A mensagem é clara, não querem que nos organizemos, não querem que nossas vozes ecoem, que nos tornemos protagonistas das lutas e decisões que nos afetam.

As vítimas invisíveis da gentrificação

a utopia sobre banir a prostituição do planeta apenas empurrará mais e mais mulheres para a clandestinidade e condições cada vez mais precárias de vida e trabalho.

Pelo direito de todas as mulheres!

É imprescindível, quando se pensa em defender determinada lei ou modelo, que se ouça as vozes das pessoas a quem ela afetará.

Cospe que ela tá passando

As mulheres todas precisam saber: romper com padrões é o pior crime que podem cometer - serão tratadas como merecem, como putas.

O pior palavrão do mundo

Se a maternidade compulsória é o destino quase que natural de toda a mulher, algo a ser questionado e combatido, para a mulher que vive de cobrar por sexo, o peso da maternidade é outro.