Margarida Salomão

Um ano de golpe e de destruição da pátria

Tudo o que é sólido para o Brasil vem se desfazendo com Temer. Ontem os programas sociais, hoje a Eletrobrás, a Amazônia, logo mais a Petrobras, o pré-sal, o Banco do Brasil.

Distritão, não!

Há na Câmara dos Deputados um espírito de “salve-se quem puder”: A crise de representatividade desaprova o tipo de prática política hoje em curso, e o impacto do desgosto do eleitorado deve influenciar na renovação dos mandatos.

Violência gera violência

O esgarçamento das relações civilizadas na política é o sinal verde para que qualquer tipo de prática, mesmo as mais diabólicas.

Marchando contra a insensatez

Neste primeiro de maio em que combatemos o funeral de nossos direitos proposto pelo governo ilegítimo que assola o Brasil, fazemos também o chamado a outra luta. Pela ciência, pela democracia, pelo planeta, pelos nosso direitos. Marchemos.